logo_anba_pt logo_camera_pt
06/06/2016 - 07:00hs
Compartilhe:

Polpas da Frutamil estão no mercado árabe

Indústria de São Paulo exportou para os Emirados Árabes Unidos por meio de uma de suas empresas parceiras e vê grande potencial de consumo na região.



São Paulo – A indústria de polpa de frutas Frutamil, da cidade de São Paulo, já teve seus produtos consumidos no mundo árabe e acredita que há na região um mercado grande para sucos a ser explorado. A companhia produz 32 variedades do produto e exportou no final do ano passado para os Emirados Árabes Unidos por meio da marca de um dos seus clientes no Brasil, a Juice in Time, para a qual fornece suas polpas.

Divulgação

Polpas de frutas Frutamil: 32 variedades

“Há um mercado potencial muito grande”, afirma o sócio fundador da Frutamil, José Roberto, sobre os árabes, lembrando que praticamente não há consumo de bebida alcoólica na região e que, com isso, o suco tem mais espaço. “Há todo um potencial para produtos naturais”, afirma. Ele lembra, no entanto, que o uso da polpa de fruta para fazer o suco não é difundido no mundo árabe e que a população de lá costuma consumir a bebida pronta ou feita da fruta fresca.

Mesmo tendo feito apenas uma exportação aos Emirados, a Frutamil vende regularmente para outros mercados no exterior. Atualmente, ela tem clientes na Inglaterra, Suíça, Holanda, Polônia e Japão. As vendas ao mercado externo começaram há 15 anos e a maioria delas veio por meio da procura dos importadores. A empresa fez poucas ações de prospecção no mercado internacional até agora e uma delas foi a participação na Foodex, feira de bebidas e alimentação no Japão, juntamente com o governo brasileiro, no ano passado.

A exportação absorve cerca de 10% da produção da empresa paulistana. No total, são fabricadas entre 120 e 150 toneladas de polpas de frutas ao mês. As variedades incluem os tipos convencionais como manga, maracujá, goiaba, acerola, mamão, melão, as mais sofisticadas como framboesa e mirtilo, além das exóticas como mangaba, umbu, seriguela e cupuaçu, entre outras. A Frutamil produz ainda polpa de açaí, que pode ser usada para produção do creme ou para o preparo do suco da fruta.

A indústria faz suas polpas a partir de frutas in natura, compradas nas regiões mais próximas às unidades fabris, e também a partir das frutas processadas, quando a cidade produtora fica distante, como no Norte ou Sul do Brasil. A sede administrativa e de logística da Frutamil fica na capital paulista, juntamente com a fabricação dos produtos de açaí. Também há uma fábrica na cidade de Pratânia, interior de São Paulo, para as demais polpas. Na parte fabril trabalham 32 colaboradores.

A Frutamil nasceu da experiência do sócio fundador com a comercialização de sucos. Com a abertura de uma casa de sucos no litoral paulista, na década de 80, ele percebeu as grandes perdas de frutas frescas que aconteciam quando o público ficava abaixo da expectativa, normalmente por questões climáticas, por piora do tempo. Ele chegou a abrir outra casa de sucos, no bairro da Mooca, na capital paulista, alguns anos depois.

Em 1990, resolveu fundar a indústria Frutamil, convencido de que os sucos feitos com polpa congelada dariam aos pontos de venda várias vantagens, entre elas a possibilidade de ter as diferentes variedades de sucos de frutas o ano todo e não apenas nas safras, o fato de não precisar usar gelo, já que a polpa é congelada, e o fim das perdas da fruta in natura.

Contato:
Frutamil
Site: www.frutamil.com.br
Telefone: (11) 2672-1234

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form