logo_anba_pt logo_camera_pt
07/06/2016 - 07:00hs
Compartilhe:

Blogueira mostra como unir moda, maquiagem e hijab

Brasileira de origem libanesa, Mag Halat criou o Blog da Mag, no qual dá dicas de como conciliar o uso de roupas estilosas, um make bem feito e o véu muçulmano. Seus vídeos já têm cerca de 50 mil visualizações.



Divulgação

Halat usa marcas finas e também populares

São Paulo – O gosto por moda e o interesse em mostrar para outras muçulmanas como conciliar estilo com as regras de vestimentas do Corão levaram a paulistana de origem libanesa Mag Halat a criar o Blog da Mag. No site www.blogdamag.com.br, ela dá dicas de roupas e maquiagem, tudo isso sem deixar o hijab, o véu islâmico, de lado.

“Sempre gostei muito de acompanhar as blogueiras muçulmanas de outros países. Então, pensei, por que não uma blogueira muçulmana brasileira? Resolvi criar o blog e está dando certo”, diz Halat. Segundo ela, os países onde há mais muçulmanas falando sobre moda são a Inglaterra e os Estados Unidos. “Também sigo algumas do Kuwait”, conta.

Estudante de arquitetura, ela diz que não é fácil unir a moda com a necessidade de se vestir modestamente, como pede o livro sagrado dos muçulmanos. “É bem difícil. Quando você vai procurar uma roupa, às vezes, acha uma saia linda, mas ela tem uma fenda enorme ou é transparente. É muito difícil encontrar uma roupa legal que se possa usar com o véu”, aponta.

Ela acredita que as fabricantes de roupa deveriam estar mais atentas às necessidades de consumidoras como ela. “As marcas poderiam olhar mais para este público, que não é pequeno”, alerta a blogueira. Aos 22 anos, Halat busca roupas mais discretas, mas não abre mão de ter estilo. “As roupas mais fechadas (vendidas atualmente nas lojas) nos deixam com cara de senhora”, destaca.

O preço das peças também é outro fator que ela leva em conta na hora de compor os looks. “As marcas com roupas mais fechadas geralmente são mais caras. Ou então, você acaba usando mais peças de roupas, como colocar uma blusa de manga longa por baixo para tapar uma transparência”, indica Halat.

No blog da paulistana, ela mostra as roupas e maquiagens e também as marcas que usa. Entre as preferidas estão lojas populares como Renner, Forever 21, C&A e Riachuelo. Há também looks com marcas mais finas, como Zara, Le Lis Blanc e Prada. Com seis meses de blog no ar, Halat não ganha as peças das marcas que indica, tudo é ela mesma que compra. Os véus são adquiridos no exterior ou em lojas de bijuterias e acessórios.

Criado em 01 de janeiro deste ano, o sucesso do blog vem crescendo. Os vídeos com tutoriais de maquiagem já têm quase 50 mil visualizações. Somente o último vídeo postado por ela foi visto por mais de sete mil pessoas. No Instagram, Halat tem também cerca de sete mil seguidores e no Youtube, 3,5 mil pessoas acompanham suas postagens.

Entre as mulheres e meninas que acompanham seu trabalho, Halat diz que há muitas não-muçulmanas. “Elas querem conhecer a cultura. Tem quem me viu na TV e se interessou, quer saber mais”, diz, referindo-se a sua participação em um programa da TV Globo, no mês passado.

Halat é filha de pai libanês e sua família é do Vale do Bekaa. Ela já foi duas vezes ao Líbano e é falante do idioma árabe. Perguntada sobre qual é a principal influência árabe em seus looks, fora o uso do véu, ela aponta para a maquiagem. “Gosto sempre de estar com o olho delineado”, destaca. De forma geral, Halat define seu estilo como sendo discreto. “Gosto de batons claros, até por causa do véu, não é legal usar coisas muito chamativas”, conclui.

Para as estrangeiras que se interessarem pelo Blog da Mag, o site tem uma ferramenta que permite traduzir os textos automaticamente para diversos idiomas, entre eles, o árabe, o inglês e o espanhol.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form