logo_anba_pt logo_camera_pt
22/08/2016 - 19:17hs
Compartilhe:

Árabes ganharam 16 medalhas nos Jogos

Atletas do Bahrein, Kuwait, Jordânia, Argélia, Catar, Egito, Tunísia e Emirados saíram da Rio 2016 com medalhas em diferentes modalidades.



São Paulo – Atletas de países árabes conquistaram 16 medalhas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, encerrados domingo (21) na capital fluminense. Foram três de ouro, quatro de prata e nove de bronze em diferentes modalidades.

Eric Feferberg/AFP 20/08/2016

Makhloufi, da Argélia, foi o único árabe a ganhar duas medalhas.

O Bahrein foi o país árabe mais bem colocado nas Olimpíadas, terminando na 49ª posição na classificação geral, com medalha de ouro para Ruth Jebet na corrida de 3 mil metros com obstáculos feminina e prata para Eunice Jepkirui Kirwa na maratona feminina. Ambas as atletas são nascidas no Quênia, mas competiram pelo Bahrein.

O Kuwait não participou dos jogos, pois foi suspenso pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), mas esportistas kuaitianos competiram como atletas olímpicos independentes e conquistaram medalhas. Fehaid Aldeehani ficou com o ouro no tiro esportivo, categoria fossa double, e Abdullah Alrashidi ganhou o bronze no mesmo esporte, mas na modalidade skeet masculino. Estes resultados garantiram ao grupo de atletas independentes a 51ª colocação no quadro geral.

A Jordânia encerrou sua participação com uma medalha de ouro, a primeira de sua história nos Jogos, para o lutador de taekwondo Ahmad Abugaush, na categoria para homens de até 68 kg. O país ficou na 54ª posição geral.

A Argélia ocupou a 62ª colocação no quadro de medalhas com duas pratas para o corredor Taoufik Makhloufi nos 800 e nos 1.500 metros rasos. Nas Olimpíadas de 2012, em Londres, Makhloufi havia vencido a prova de 1.500 metros. Ele foi o único atleta de uma nação árabe a conquistar duas medalhas na Rio 2016.

Kirill Kudryatsev/AFP 18/08/2016

Egípcia Hedaya Wahba comemora seu bronze no taekwondo.

O Catar terminou no 69º lugar com uma medalha de prata para Mutaz Essa Barshim no salto em altura.

Egito e Tunísia empataram na 75ª posição com três medalhas de bronze cada. Entre os egípcios, os medalhistas foram Sara Ahmed (levantamento de peso feminino até 69 kg), Mohamed Mahmoud (levantamento de peso masculino até 77 kg) e Hedaya Wahba (taekwondo feminino até 57 kg).

As tunisianas Ines Boubakri e Marwa Amri conquistaram medalhas de bronze, respectivamente, na esgrima feminina individual e na luta livre para mulheres de até 58 kg. Seu compatriota Oussama Oueslati ficou com o bronze no taekwondo masculino até 80 kg.

Houve empate também no 78º lugar entre o Marrocos e os Emirados Árabes Unidos com um bronze cada. O magrebino Mohammed Rabii conquistou a medalha no boxe peso médio (69 kg) e o representante do país do Golfo, Sergiu Toma, no judô masculino até 81 kg.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form