logo_anba_pt logo_camera_pt
11/11/2016 - 16:50hs
Compartilhe:

Brasil e África buscam intercâmbio esportivo

Federações de esportes universitários negociam assinatura de um acordo para promover intercâmbio de atletas e técnicos.



Cuiabá - A Confederação Brasileira de Desporto Universitário e a Federação Africana de Desporto Universitário (Fasu) prepararam um protocolo de intenções para fazer com que atletas e comissões técnicas façam intercâmbios entre Brasil e países da África, participando de competições fora de seus países de origem.

Vice-presidente da confederação e presidente da representação da Federação Internacional de Esporte Universitário nas Américas, Alim Maluf Neto afirmou que agora é preciso que universidades se interessem em participar da construção do convênio. "Queremos essa troca de experiências e de know-how com a África para capacitar mais os nossos profissionais e permitir a troca de experiência entre os atletas", disse Maluf, que espera ter times africanos competindo nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) já no próximo ano.

O presidente da Federação Africana de Esporte Universitário (Fasu), Michael Malumbete Ralethe, fez uma visita ao JUBs e acompanhou partidas de futsal. Ele destacou que a parceria também pode desmistificar preconceitos sobre o continente africano. "O mito de pessoas vivendo com leões em suas casas precisa ser apagado. Nós não somos só pobreza, somos desenvolvimento, somos avanço científico, pesquisa, desenvolvimento em esporte e instalações", disse o sul-africano.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form