logo_anba_pt logo_camera_pt
21/01/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Filme conta história de divórcio de menina iemenita

'Nojoom, 10 anos, divorciada' relata a história de uma garota de 10 anos que, forçada a casar com um homem 20 anos mais velho, pede divórcio. Estreia no Brasil em 26 de janeiro.



Divulgação

Premiado filme do Iêmen chega aos cinemas brasileiros em 26 de janeiro

São Paulo – A história do primeiro divórcio de uma criança iemenita chega às telas dos cinemas brasileiros a partir da próxima quinta-feira (26). O filme “Nojoom, 10 anos, divorciada” (‘Ana Nojoom bent alasherah wamotalagah’), baseado no livro “I am Nojood, Age 10 and Divorced” (sem tradução para o português), conta a história da pequena Nojoom Ali, forçada a casar aos 10 anos de idade com um homem 20 anos mais velho.

No Iêmen, assim como em outros países, não há idade mínima prevista em lei para o casamento. Isso abre precedente para casos como o da personagem principal do filme, trocada por um generoso dote para seus pais. O arranjo é bom para quase todos: o futuro marido ganha uma esposa; a família recebe uma renda e tem uma boca a menos para alimentar; mas Nojoom, uma das principais envolvidas, não fica nada contente com isso.

A diretora, Khadija Al-Salami, nasceu em Sanaa, no Iêmen, há 50 anos. Aos 11 foi forçada a casar com um homem mais velho e se rebelou contra os valores da família. Anos mais tarde, recebeu uma autorização para estudar fora e partiu para os Estados Unidos, onde seguiu seu sonho e especializou-se em produção e direção de cinema.

Atualmente Al-Salami vive na França, onde já dirigiu mais de 25 documentários, a maior parte deles abordando o papel da mulher e das jovens no Iêmen contemporâneo.

O filme é baseado no best-seller que conta a história real de Nojood Ali, escrito por ela mesma. Lançado em 2009, foi traduzido para 16 idiomas e é vendido em 35 países.

“Nojoom, 10 anos, divorciada” participou de diversos festivais, incluindo o Festival do Rio. Ganhou prêmio de Melhor Ficção no Festival de Cinema Internacional de Dubai (DIFF), El Waha d’Or como Melhor Filme de Ficção no Festival Internacional de Cinema Árabe de Gabès, na Tunísia (Fifag), e o Grande Prêmio do Festival Internacional de Cinema de Zagora, no Marrocos (FIFT).

No Brasil, o filme tem distribuição da Esfera Filmes. O circuito ainda será confirmado.

Serviço

Nojoom, 10 anos, divorciada (Ana Nojoom bent alasherah wamotalagah)
Drama, 16 anos
Direção: Khadija Al-Salami
Elenco: Reham Mohammed, Rana Mohammed, Ibrahim Alashmori, Naziha Alansi, Sawadi Alkainai
Duração: 99 minutos
Em cartaz: a confirmar
Mais informações: https://www.facebook.com/esferafilmes/
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=z6IVG-0BHjg&feature=youtu.be

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form