logo_anba_pt logo_camera_pt
01/03/2017 - 15:04hs
Compartilhe:

Petrobras vende ativos à Total

Contratos firmados na terça-feira somam US$ 2,225 bilhões e incluem participações em campos de produção de petróleo do pré-sal.



Rio de Janeiro - A Petrobras e a empresa francesa Total assinaram nessa terça-feira (28) contratos de compra e venda de ativos da estatal brasileira no valor de US$ 2,225 bilhões, composto de US$ 1,675 bilhão à vista, pelos ativos e serviços, uma linha de crédito que pode ser acionada pela empresa brasileira no valor de US$ 400 milhões, representando parte dos investimentos da Petrobras nos campos da área de Iara, além de pagamentos contingentes no valor de US$ 150 milhões.

Entre os contratos firmados está a cessão de direitos de 22,5% da Petrobras para a Total na área da concessão denominada Iara (campos de Sururu, Berbigão e Oeste de Atapu), no Bloco BM-S-11, no pré-sal da  Bacia de Santos.

A Petrobras continuará como operadora e a deter a maior participação nessa área, com 42,5%. A BG E&P Brasil – companhia subsidiária da Shell -, com 25%, e a Petrogal Brasil, com 10%, também fazem parte desse consórcio.

Outro contrato assinado foi a cessão de direitos de 35% da Petrobras para a Total, assim como a operação, na área da concessão do campo de Lapa, no Bloco BM-S-9, também no pré-sal da Bacia de Santos, ficando a empresa brasileira com 10%. O campo de Lapa encontra-se em fase de produção, tendo iniciado sua operação em dezembro de 2016. A BG E&P Brasil, com 30%, e a RepsolSinopec Brasil, com 25%, também integram esse consórcio.

A Petrobras vendeu ainda para a Total 50% de participação na empresa Termobahia, incluindo as usinas termelétricas Rômulo de Almeida e Celso Furtado, na Bahia. As duas estão ligadas ao terminal de regaseificação localizado em São Francisco do Conde, na Bahia, onde a Total terá acesso ao combustível.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form