logo_anba_pt logo_camera_pt
01/03/2017 - 20:30hs
Compartilhe:

Câmara e Liga Árabe discutem parceria

Instituição multilateral com sede no Cairo quer aprofundar os negócios com o Brasil. Lideranças da Câmara Árabe propõem a realização de ações na área de segurança alimentar.



São Paulo – O presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Rubens Hannun, e o diretor-geral da entidade, Michel Alaby, tiveram reuniões com o secretário-geral da Liga dos Estados Árabes, Ahmed Aboul-Gheit, e com o secretário-geral assistente para Assuntos Econômicos da instituição, Kamal Hassan Ali, nesta quarta-feira (01), no Cairo.

Divulgação

Hannun e Ali (os dois ao centro) conversaram sobre parceria

De acordo com Hannun, Aboul-Gheit demonstrou grande interesse em aprofundar as relações com o Brasil. “Ele demonstrou um interesse enorme no Brasil, em estreitar os negócios com o Brasil”, afirmou o presidente da Câmara Árabe.

A conversa girou em torno de possíveis parcerias entre a instituição e o País. As lideranças da Câmara Árabe propuseram a realização de um projeto na área de segurança alimentar, tema depois detalhado no encontro com Ali. No mundo árabe há grande preocupação com o abastecimento de alimentos, pois a região depende muito das importações, já o Brasil é grande exportador de produtos agropecuários.

“O Brasil tem a produção e o mundo árabe tem essa preocupação com quem poderá suprir sua demanda. A ideia é discutir como fazer com que um interesse case com o outro. Com isso o aprofundamento do comércio virá naturalmente, mas o primeiro interesse tem que ser social, de garantir o suprimento desta demanda”, destacou Hannun.

Uma das propostas é realizar um workshop para debater os eventuais obstáculos para os negócios na área entre o Brasil e os países árabes. “A Câmara Árabe propôs estudar formas de identificar as necessidades dos países árabes, os setores em que é preciso trabalhar, etc.”, disse Hannun. Para ele, a inciativa resultará numa maior integração da Câmara Árabe com a Liga.

Divulgação

Presidente da Câmara Árabe (esq.) e chefe do Goeic falaram sobre certificação

Participaram da reunião com Aboul-Gheit também o subsecretário-geral para Assuntos Políticos da Liga, Hossalmedin Zaki, que já foi embaixador do Egito no Brasil, o chefe do Departamento das Américas na Liga, Karim El Abd, o embaixador do Brasil no Cairo, Ruy Amaral, e o gerente de Relações Governamentais da Câmara Árabe, Tamer Mansour. No encontro com Ali estavam presentes a diretora da Liga responsável pelas câmaras de comércio árabes-estrangeiras, Manal Mowafi, e Dina Mongy, da embaixada brasileira.

Os executivos da Câmara Árabe tiveram também reunião com o chefe da Organização Geral de Controle de Exportações e Importações do Egito (Goeic), Ismail Jaber, para estabelecer um cronograma e agilizar a instalação do sistema de certificação digital da Câmara Árabe nas exportações do Brasil ao Egito.

Hannun, Alaby e Mansour ainda se encontraram com o presidente do Conselho Empresarial Brasil-Egito, Emad Elsewedy, para tratar de detalhes do funcionamento do colegiado.

Nos próximos dois dias os representantes da Câmara Árabe terão intensa agenda de reuniões com autoridades e lideranças empresariais egípcias. A programação foi montada pela entidade e pela embaixada do Egito em Brasília.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form