logo_anba_pt logo_camera_pt
27/03/2017 - 17:00hs
Compartilhe:

A380 começa a voar na rota Dubai-SP

Primeiro voo comercial da Emirates desembarcou em Guarulhos no domingo (26). Avião aumenta em 38% a capacidade de transporte da companhia aérea entre São Paulo e os Emirados Árabes.



André Barros/ANBA

Jatos de água: o batismo da nova rota

São Paulo – Próximo às 17 horas de domingo (26), com quase meia hora de atraso, o Airbus A380 da Emirates tocou a pista do Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU Airport), em São Paulo. O primeiro voo comercial de Dubai a São Paulo com a maior aeronave do mundo teve quase todos os 491 lugares ocupados, somadas as 14 suítes da primeira classe, os 76 assentos na classe executiva e os 401 da econômica.

A chegada do avião gerou grande expectativa: diversos jornalistas, blogueiros e convidados VIP acompanharam a aterrisagem e movimentação do A380 na pista, com direito a jatos de água de caminhões-pipa – uma tradição conhecida por batismo dentro da indústria. Pelas grades do aeroporto, diversos curiosos e fãs de aviação também acompanharam a chegada do gigante.

O A380 substitui o Boeing 777-300ER nos voos diários da companhia dos Emirados Árabes Unidos para São Paulo. Os dois andares da aeronave ampliaram em 38% a capacidade de transporte de passageiros da Emirates na rota, agora a única que liga diretamente o principal centro financeiro da América Latina ao país árabe – no sábado (25), a Etihad Airways, de Abu Dhabi, fez seu último voo a partir do GRU Airport.

André Barros/ANBA

Classe econômica oferece 401 assentos

Poucos minutos após descer da aeronave, Hubert Frach, vice-presidente da divisão comercial da Emirates para o Ocidente, fez um breve discurso em cerimônia que contou com a participação dos prefeitos de São Paulo, João Doria Júnior (PSDB), de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (PSB), e do governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Começou pedindo desculpas pelo atraso: por ironia do destino, um temporal castigou Dubai no fim de semana, bagunçando todo o cronograma de voos do Aeroporto Internacional do emirado (DXB).

O executivo destacou que durante os dez anos de operações da Emirates no Brasil, iniciado em 1º de outubro de 2007, data do primeiro voo de Dubai a São Paulo, mais de 2,5 milhões de passageiros foram transportados na rota. “A Emirates está muito comprometida com o Brasil. Queremos conectar São Paulo a cada vez mais cidades do mundo”, disse.

André Barros/ANBA

Assentos reclinam a 180 graus na classe executiva

Frach destacou ainda o acordo de codeshare que a companhia aérea tem com a brasileira Gol, conectando os voos vindos do Oriente Médio com 24 destinos brasileiros. Aliado ao cada vez maior interesse dos brasileiros com destinos asiáticos como Bangkok, Guangzhou, Hong Kong, Pequim e Tóquio – todos também servidos com o A380 –, o acordo justifica a aposta da Emirates nessa rota.

“Antes de tomar essa decisão nós mapeamos a demanda e o tipo de tráfego. Enxergamos um aumento na procura por assentos premium e essa aeronave aumenta bastante a oferta. O 777-300 oferecia 42 na cabine executiva, e agora serão 76; na primeira classe, subimos de 8 para 14”, explicou, descartando relação entre a saída da Etihad de Guarulhos e a adoção do A380 na rota SP-Dubai: “O aeroporto precisou fazer alguns ajustes de infraestrutura, como por exemplo a adoção de duas pontes, uma para o segundo andar e outra para o primeiro nível. Essas discussões começam meses antes, é algo para o longo prazo”, conclui.

Além dos voos diários até São Paulo, a Emirates também chega ao Rio de Janeiro e Buenos Aires, em rota operada ainda com o 777-300. Embora admita que sempre mapeia oportunidades de aumento na oferta dos assentos, Frach descartou, ao menos no curto prazo, a adoção do novo avião nessa outra rota para a América do Sul.

Por dentro do A380

André Barros/ANBA

Muito luxo na primeira classe

A reportagem da ANBA pôde conhecer o avião da Emirates por dentro. O andar de baixo acomoda os passageiros da cabine econômica; subindo a escada, um lounge serve a cabine executiva e a primeira classe, que oferece também chuveiros aos 14 passageiros.

Os assentos na parte superior são luxuosos: os passageiros podem deitar-se, pois as poltronas reclinam a 180 graus, e armazenar seus pertences em armários. As franquias de bagagem são generosas: 35 quilos na classe econômica, 45 quilos na executiva e 50 quilos na primeira classe, além dos itens de mão.

Alguns mimos são oferecidos aos ocupantes das cabines do segundo andar, como uma bolsa com itens de higiene e beleza, petiscos diversos, geladeiras individuais, tomadas para carregar aparelhos eletrônicos e até um tablet para acesso à internet – o wi-fi é disponível a todos os passageiros durante o voo.

Todos os ocupantes têm a seu dispor um sistema de entretenimento com mais de 2,6 mil canais de filmes, programas de TV, música e podcasts, com opção de legenda em português em boa parte do conteúdo. A Emirates oferece também livros, giz de cera e brinquedos para crianças pequenas.

Os voos saem de São Paulo todos os dias à 1h25, pousando em Dubai às 22h55. Do emirado o avião parte às 8h35, chegando ao Brasil às 16h30. Todos os horários são locais.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form