logo_anba_pt logo_camera_pt
12/04/2017 - 17:40hs
Compartilhe:

Vendas externas de motos subiram 27%

Exportações brasileiras de motocicletas somaram 17,4 mil unidades no primeiro trimestre, com avanço expressivo sobre o mesmo período de 2016. Para o ano são esperados embarques de 93 mil motos.



São Paulo – As exportações brasileiras de motocicletas cresceram 27% no primeiro trimestre deste ano sobre o mesmo período de 2016, de acordo com números divulgados nesta quarta-feira (12) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Foram embarcadas ao exterior 17,4 mil motos de janeiro a março deste ano. Em iguais meses de 2016 as exportações somaram 13.749 unidades.

No mês de março, a indústria brasileira do setor exportou 5,7 mil motocicletas. A quantidade ficou acima de março de 2016, quando as vendas ao mercado internacional somaram 4.721 unidades, mas um pouco abaixo de fevereiro, quando foram exportadas 5,9 mil motocicletas.

No primeiro trimestre deste ano saíram das linhas de produção 231,3 mil motos, com alta de 1,6% sobre iguais meses de 2016. Em março foram fabricadas 82,4 mil motocicletas, com aumento de 22,3% sobre fevereiro e de 2,3% sobre o mesmo mês do ano passado.

A Abraciclo lembra que fevereiro teve quatro dias úteis a menos do que março no Brasil em função do carnaval, o que influenciou a alta expressiva da produção.

Foram emplacadas no mercado brasileiro 210,9 mil motocicletas de janeiro a março, segundo os licenciamentos registrados. O volume foi inferior ao primeiro trimestre de 2016 em 12,1%.

Em março foram licenciadas 82,8 mil motos, número bem superior às 60,4 mil unidades de fevereiro e menor do que as 86,9 mil de março de 2016.

O presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, comentou, em material divulgado pela entidade, que os números apresentaram leve melhora, mas que o mercado segue cauteloso, mantendo as projeções anunciadas. Para o ano de 2017 é esperada alta de 57,6% nas exportações, com embarques de 93 mil motos. A produção deve crescer 2,5% para 910 mil unidades.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form