logo_anba_pt logo_camera_pt
17/04/2017 - 13:43hs
Compartilhe:

Exportações de ovos recuaram 62%

Vendas de ovos do Brasil ao exterior somaram 5,5 mil toneladas no primeiro trimestre do ano. Os Emirados foram o maior comprador, mas vendas ao país também caíram.



São Paulo - As exportações brasileiras de ovos recuaram 62,5% no primeiro trimestre deste ano, segundo informações divulgadas pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O volume embarcado saiu de 5,5 mil toneladas entre janeiro e março de 2016 para 2,07 mil toneladas nos mesmos meses deste ano.

“Houve um aumento de consumo no mercado interno, que se mostrou mais atraente para as vendas do setor de ovos. Com isto, grande parte da oferta que teria como destino as exportações acabou ficando no mercado doméstico”, afirmou o vice-presidente de mercados da ABPA, Ricardo Santin, em nota divulgada.

A retração na receita foi de 59,3%. As vendas geraram US$ 2,8 milhões para os produtores brasileiros de ovos no primeiro trimestre deste ano contra US$ 6,9 milhões no mesmo período de 2016, de acordo com os dados da ABPA.

Os Emirados foram o principal comprador dos ovos do Brasil no exterior, com 1,5 mil toneladas adquiridas. Mas também as vendas para eles recuaram nos três primeiros meses deste ano sobre igual período do ano passado. O Japão foi o segundo maior destino no exterior, com 272 toneladas e queda de 68%.

Apenas em março, o Brasil embarcou 427 toneladas de ovos ao exterior, o que gerou uma receita de US$ 627 mil. Houve queda de 70,5% na quantidade e de 69,3% no faturamento gerado.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form