logo_anba_pt logo_camera_pt
23/05/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Economia da Somália deve crescer 2%

Seca no país árabe irá afetar avanço econômico em 2017, de acordo com o Fundo Monetário Internacional. Inflação deverá superar os 3%.



São Paulo – A economia da Somália deverá crescer 2% este ano, um avanço menor do que o estimado para o ano de 2016, de 3,2%, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI). O fundo realizou uma missão ao país árabe do Norte da África entre os dias 15 e 19 deste mês e divulgou suas conclusões nesta segunda-feira (22).

Uma forte seca que atinge o país desde o último ano deverá continuar afetando o avanço econômico da Somália. A inflação do país deverá ficar acima de 3%. Segundo o FMI, o governo somali já tomou medidas para evitar novas dívidas em 2017.

Em nota divulgada pelo FMI, Mohamed Elhage, que liderou a missão à Somália, destacou alguns dos avanços alcançados pelo país árabe de 2016 para cá. Segundo o organismo, até o final do ano passado quase todos os índices estruturais tinham sido cumpridos e cinco de seis metas indicativas foram alcançadas. A meta sobre acumulação de novas dívidas não foi alcançada e o desempenho das receitas foi fraco.

As medidas estruturais, ao contrário das pontuais e de curto prazo, são de longo prazo e costumam afetar a estrutura da economia, visando melhorias conjunturais. “Em março de 2017, todas as metas quantitativas e índices estruturais foram cumpridos. Encorajamos as autoridades a acelerar e aprofundar as reformas acordadas”, afirmou.

Para que a Somália alcance seus objetivos econômicos, a missão do FMI recomendou a tomada de algumas outras medidas, entre elas o aumento de receitas domésticas. Para isso, o fundo sugere o aumento da base de impostos e um recolhimento mais eficiente de taxas baseado nas leis já existentes.

Para o fundo, também é necessário que a Somália continue a aumentar a capacidade de suas instituições, além de implementar uma legislação fiscal eficiente, realizar novas reformas no gerenciamento financeiro público e acelerar o desenvolvimento de seu setor financeiro.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form