logo_anba_pt logo_camera_pt
14/06/2017 - 19:04hs
Compartilhe:

Câmara da Indústria de Amã: exportação cai 9%

As vendas externas registradas pela entidade da capital jordaniana somaram US$ 2,2 bilhões de janeiro a maio deste ano.



Amã – As exportações registradas pela Câmara da Indústria de Amã, na Jordânia, somaram 1,552 bilhão de dinares jordanianos (US$ 2,173 bilhões) de janeiro a maio, um recuo de 9% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados publicados nesta quarta-feira (14) pela agência de notícias local Petra.

A maioria das exportações industriais caiu nos cinco primeiros meses de 2017. No entanto, aumentaram as vendas externas de alimentos, produtos agrícolas, animais vivos, couro, têxteis e materiais de construção.

Os embarques para países árabes da Ásia renderam 724 milhões de dinares (US$ 1 bilhão), uma redução de 22% sobre os cinco primeiros meses do ano passado. Para as nações árabes da África, as exportações somaram 83 milhões de dinares (US$ 116,2 milhões), uma diminuição de 28% na mesma comparação.

As vendas para outros países asiáticos, porém, cresceram 14%, e para os demais destinos na África, 10%. Para a União Europeia, as exportações avançaram 6%, segundo a Petra. Os embarques para a Índia renderam 232 milhões de dinares (US$ 324,8 milhões), e para os Estados Unidos, 182 milhões de dinares (US$ 254,8 milhões).

A Petra destacou o crescimento das vendas para a Palestina (90%), Indonésia (78%), China (484%) e Turquia (92%), e a redução das exportações para a Arábia Saudita (-15%) e o Iraque (-29%). No último caso, os negócios são afetados pelo contínuo fechamento da fronteira terrestre entre os dois países.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form