logo_anba_pt logo_camera_pt
27/06/2017 - 14:56hs
Compartilhe:

Contas externas têm maior saldo para maio

Superávit em transações correntes ficou em US$ 2,884 milhões no mês passado. No acumulado do ano há déficit de US$ 61 milhões.



Brasília - O Brasil registrou pelo terceiro mês seguido saldo positivo nas contas externas. Em maio, o superávit em transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do País com o mundo, ficou em US$ 2,884 bilhões, informou nesta terça-feira (27) o Banco Central (BC). Esse foi o maior resultado para o mês na série histórica iniciada em 1995.

O resultado de maio também é o melhor desde julho de 2006, quando chegou a US$ 3,007 bilhões. No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, o saldo está negativo em US$ 616 milhões, resultado inferior ao registrado em igual período de 2016 (US$ 5,998 bilhões).

O resultado positivo nas contas externas foi influenciado pelo saldo comercial. Em maio, o superávit comercial chegou a US$ 7,419 bilhões e acumula US$ 27,973 bilhões nos cinco primeiros meses do ano. Para o ano, o BC revisou a projeção do superávit comercial de US$ 51 bilhões para US$ 54 bilhões. Esse foi principal fator que levou à redução na projeção de déficit das transações correntes de US$ 30 bilhões para US$ 24 bilhões.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o saldo negativo deve corresponder a 1,19%, contra 1,45% previstos em março pelo BC.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form