logo_anba_pt logo_camera_pt
05/07/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Árabe compra 2 mil pares de calçados na Francal

Empresa Shoe Palace fez negócios com sete indústrias brasileiras na feira de calçados que ocorre em São Paulo. Câmara Árabe tem espaço na mostra e deu assistência a importadores presentes.



Isaura Daniel/ANBA

Ghaddar (centro) e diretores da Câmara Árabe

São Paulo - A empresa Shoe Palace, de Omã, fez pedidos de 2 mil pares de calçados até o começo da tarde desta terça-feira (04) na Francal, feira de moda em calçados e acessórios que ocorre no Expo Center Norte, na capital paulista. O presidente da Shoe Palace, Mohammad M. Ghaddar, foi um dos importadores convidados para a feira pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira e a organização da mostra.

Ghaddar nunca tinha viajado ao Brasil e se diz impressionado com os calçados brasileiros. De acordo com ele, a produção brasileira de calçados não é conhecida em Omã. "Os calçados são bons, com preço bom e qualidade excelente", afirmou o executivo. Calçados com a mesma qualidade, ele afirma que pagaria o dobro do valor na Itália.

A Shoe Palace tem 15 lojas espalhadas por Omã, na capital Mascate em outras regiões, como Sohar. Criada em 1976, a rede vende calçados para mulheres, homens e crianças, além de todos os tipos de bolsas. De acordo com Ghaddar, a Shoe Palace é a maior importadora de sandálias masculinas de todo o Golfo.

Isaura Daniel/ANBA

Importador com profissionais da Schultz

A empresa chegou a comprar calçados brasileiros em uma ou duas ocasiões há cerca de 15 anos em uma feira na Itália. Ghaddar não tinha planos de viajar ao Brasil até receber uma ligação do assistente de Inteligência de Mercado da Câmara Árabe, Mohamed Hassanein Aly, informando sobre a Francal e fazendo o convite para que ele participasse.

Nesta terça-feira à tarde, Ghaddar ainda tinha estandes por visitar, mas já tinha fechado negócio com sete indústrias brasileiras. Ele ainda procurava alguns tipos de calçados como os militares. A empresa é fornecedora das forças armadas omanitas.

Umas das empresas brasileiras com as quais a Shoe Palace fez negócio na Francal foi com a Arezzo, dona das marcas Arezzo, Schutz, Anacapri, Alexandre Birman e Fiever.

A Shoe Palace comercializa US$ 5 milhões em calçados por ano em todas as suas lojas, de acordo com Ghaddar. Os calçados são de alto padrão. Atualmente 80% dos produtos vendidos são da Itália, 10% da Inglaterra e os outros 10% da Alemanha.

Ghaddar afirmou à ANBA que gostou muito do Brasil e que os brasileiros são gentis. "Eu me senti em casa", falou. O importador teve colaboração dos profissionais da Câmara Árabe na Francal, de Aly e do assessor comercial João Bianchini, e também se encontrou com os diretores Mohamad Orra Mourad, Mohamad Abdouni Neto e William Atui.

Isaura Daniel/ANBA

Equipe da Câmara Árabe auxiliou importadores

A Câmara Árabe tem um espaço dentro do International Lounge, no qual mantém dois profissionais para assistência aos importadores árabes, segundo as suas demandas. Pelo local passaram compradores do Kuwait, Omã, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Marrocos. De acordo com Bianchini, a ação foi muito efetiva e os importadores fizeram negócios na Francal, principalmente de calçados femininos e masculinos.

De acordo com o assessor comercial, os importadores árabes que compareceram à feira são de empresas com conhecimento de mercado e experiência, que vieram de fato para comprar. Alguns já importam calçados do Brasil e outros não. "Eles gostaram muito do design do calçado brasileiro e do preço", afirmou Bianchini.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form