logo_anba_pt logo_camera_pt
05/07/2017 - 19:53hs
Compartilhe:

Presidente da Câmara Árabe se reúne com embaixadores em Brasília

Rubens Hannun teve encontros nesta quarta-feira com diplomatas da Arábia Saudita, Catar e Kuwait para fazer um balanço da viagem ao Golfo organizada pelo Ministério da Agricultura e tratar de ações futuras.



São Paulo – O presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Rubens Hannun, o vice-presidente de Relações Internacionais, Osmar Chohfi, e o diretor-geral, Michel Alaby, participaram nesta quarta-feira (05), em Brasília, de reuniões com os embaixadores da Arábia Saudita, Hisham Alkahtani, do Catar, Mohamed Alhayki, e do Kuwait, Ayadah Alsaidi, para falar sobre os resultados da missão ao Golfo realizada em maio pelo Ministério da Agricultura do Brasil, que teve participação da entidade.

“O objetivo principal foi fazer um relato da viagem com o Ministério da Agricultura e discutir as próximas ações que faremos em conjunto com estes países”, disse Hannun, que ainda entregou aos diplomatas um relatório da missão e os dados da balança comercial do Brasil com o mundo árabe de janeiro a maio deste ano.

Após a deflagração da Operação Carne Fraca da Polícia Federal em março, a Câmara Árabe agiu rapidamente para evitar que as exportações brasileiras de carnes aos países do Oriente Médio e Norte da África fossem interrompidas, intermediando reuniões entre entidades do setor, diplomatas árabes e o governo brasileiro, e atuando como difusora de informações entre as partes envolvidas.

A operação investigou suspeitas de irregularidades em frigoríficos brasileiros e na atuação de fiscais do Ministério da Agricultura. O caso gerou preocupações em mercados da carne brasileira no exterior e alguns países chegaram a suspender as importações temporariamente.

Na missão ao Golfo, o ministro Blairo Maggi agradeceu às autoridades das nações visitadas pelo tratamento dado ao caso, deu garantias sobre a qualidade das carnes brasileiras e colocou a pasta à disposição para quaisquer esclarecimentos necessários

A delegação visitou a Arábia Saudita, Catar, Kuwait e os Emirados Árabes Unidos. Hannun e Alaby irão à embaixada dos Emirados nesta quinta-feira (06) para tratar do mesmo assunto. Além do caráter institucional, a missão contou com um grupo de empresários que participaram de encontros de negócios com investidores e representantes de companhias destes países.

Além de conversar sobre os resultados da viagem, Hannun, Chohfi e Alaby falaram sobre ações futuras com os embaixadores, como a feira de produtos brasileiros que a Câmara Árabe pretende promover com a rede de supermercados Panda na Arábia Saudita, a formação de um Conselho Empresarial Brasil-Arábia Saudita - em andamento - e a possível vinda ao Brasil de uma delegação comercial saudita.

Com o embaixador do Catar, os diretores da Câmara Árabe conversaram sobre a organização de uma visita de empresários catarianos ao Brasil e também que a entidade pretende incentivar uma maior participação de companhias brasileiras em feiras de negócios na nação árabe.

Já com o embaixador do Kuwait, os executivos lembraram que a delegação do Ministério da Agricultura visitou o Instituto de Pesquisas Científicas do Kuwait (Kisr, na sigla em inglês) e no futuro podem ocorrer programas de cooperação entre a instituição e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O presidente da Embrapa, Maurício Antônio Lopes, participou da missão.

“Nós agradecemos também a agilidade na organização da viagem. No meio de uma emergência, da crise da carne, eles (os diplomatas) precisaram ser ágeis para que pudéssemos ser recebidos [pelas autoridades de seus países]”, destacou Hannun.

O executivo de Relações Governamentais da Câmara Árabe, Tamer Mansour, acompanhou os diretores da entidade nas reuniões com os embaixadores.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form