logo_anba_pt logo_camera_pt
10/07/2017 - 18:41hs
Compartilhe:

Preço global dos alimentos em baixa

Estudo da FAO e OCDE indica menor crescimento na demanda por alimentos básicos nos próximos dez anos e tendência de baixa nos preços das commodities.



São Paulo – Um estudo conduzido em conjunto pela Agência das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) e a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) prevê redução no crescimento na demanda por alimentos básicos nos próximos dez anos, comparado com a década anterior, e tendência de baixa no preço global das commodities agrícolas.

Segundo o relatório, divulgado na segunda-feira (10), a desaceleração do crescimento de grande parte das economias emergentes e o menor impacto das políticas de biocombustíveis são os dois fatores que mais contribuem para essa projeção. O documento ressalta ainda o nível alto de estoques de commodities, que ajudarão a limitar o crescimento dos preços mundiais – que já estão próximos aos níveis anteriores à crise de 2007 e 2008, de acordo com a publicação.

As duas organizações calculam que o consumo médio diário de calorias será de 2.450 kcal por pessoa nos países menos desenvolvidos, e superará as 3.000 kcal nos países em desenvolvimento. A insegurança alimentar e a desnutrição continuarão sendo um problema mundial e demandarão um foco mundial coordenado, indica o informe.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form