logo_anba_pt logo_camera_pt
15/07/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Sudão ganha consulado honorário em São Paulo

Escritório foi inaugurado na noite desta sexta-feira. Cônsul honorário é o brasileiro de origem árabe Mohamed Zoghbi. Mais cedo, Câmara Árabe promoveu almoço em homenagem ao embaixador sudanês Mohamed Elsiddig.



São Paulo – Foi inaugurado na noite desta sexta-feira (14) o consulado honorário do Sudão em São Paulo. O escritório está localizado na Avenida São Gualter, em Alto de Pinheiros, zona oeste da capital paulista. “O consulado servirá para melhorar as relações bilaterais”, disse à ANBA o embaixador sudanês em Brasília, Ahmed Yousif Mohamed Elsiddig, na cerimônia de inauguração.

O embaixador designou como cônsul honorário o brasileiro de origem árabe Mohamed Zoghbi, que é também presidente da Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras). “O Zoghbi sabe muito sobre comércio e dará um impulso às relações comerciais”, afirmou Elsiddig. “Estamos abrindo um consulado honorário também no Rio de Janeiro”, acrescentou.

Alexandre Rocha/ANBA

Zoghbi vai promover relações entre São Paulo e Sudão

O novo cônsul honorário atua na área de certificação halal de produtos exportados do Brasil a países muçulmanos. É halal a mercadoria produzida de acordo com tradições islâmicas.

“Nossa primeira missão será estreitar as relações entre o Sudão e o estado de São Paulo. Há bastante opções de intercâmbio nas áreas de cultura, comércio e tecnologia”, declarou Zoghbi. Ele irá trabalhar também para aproximar os governos paulista e sudanês.

“Além disso, nós vamos cuidar da comunidade sudanesa que vive aqui”, destacou Zoghbi. A comunidade sudanesa em São Paulo é estimada em 110 famílias.

O presidente de Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Rubens Hannun, esteve na inauguração acompanhado do vice-presidente de Relações Internacionais, Osmar Chohfi, do diretor-geral, Michel Alaby, e do gerente de relações governamentais da entidade, Tamer Mansour.

Compareceram diplomatas do Líbano, Egito, África do Sul, Guiné, Rússia, representantes dos governos federal, estadual e municipal, e de empresas e outras instituições privadas.

Homenagem

Alexandre Rocha/ANBA

Embaixador: Câmara é pilar das relações Brasil-países árabes

Mais cedo, a Câmara Árabe promoveu um almoço em homenagem ao embaixador sudanês, que está encerrando sua estada no Brasil. “Fiquei aqui dois anos e houve um grande desenvolvimento das relações econômicas [entre os dois países], principalmente na área agrícola”, ressaltou Elsiddig.

Ele comentou que muitos empresários brasileiros visitaram o Sudão neste período e destacou, por exemplo, que houve um bom avanço no comércio de máquinas agrícolas. O Brasil está exportando também sêmen bovino para inseminação artificial do rebanho sudanês, e Elsiddig revelou que uma empresa brasileira de genética bovina estuda abrir uma central no país africano.

O embaixador comentou que a Câmara Árabe foi de grande importância para seu trabalho. “A Câmara é um dos pilares das relações do Brasil com os países árabes”, disse. Ele citou, por exemplo, a participação anual da entidade na Feira Internacional de Cartum, a capital sudanesa, que resultou em visitas de várias empresas brasileiras à nação africana. “A maioria [das empresas] foi para lá por intermédio da Câmara”, declarou. “A entidade foi essencial para ajudar nas relações econômicas”, concluiu.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form