logo_anba_pt logo_camera_pt
29/07/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Universidade Federal do ABC abre vagas para refugiados

Instituição de ensino terá 12 vagas em Santo André e São Bernardo, cidades próximas à capital paulista, para pessoas refugiadas ou solicitantes de refúgio. É preciso fazer a prova do Enem.



Thiago Barbosa/UFABC

Refugiados terão 12 vagas da UFABC

São Paulo – A Universidade Federal do ABC (UFABC) terá 12 vagas em cursos de graduação reservadas a refugiados e a solicitantes de refúgio a partir do próximo ano. Serão oferecidas oito vagas em Ciência e Tecnologia, nas cidades de Santo André e São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e quatro em Ciências e Humanidades, em São Bernardo.

A UFABC oferece cursos interdisciplinares. Eles funcionam com uma grade geral nos dois primeiros anos e depois os alunos podem optar por seguir os estudos em área específica, como Física, Química, Engenharias, Relações Internacionais, Filosofia, etc. Mas os dois anos já dão diploma de bacharelado.

Metade das vagas serão voltadas para refugiados em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para concorrer a elas, é preciso ter renda per capita familiar inferior a um salário mínimo e meio. O professor de Relações Internacionais, José Blanes Sala, explica que se elas não forem preenchidas com pessoas nestas condições, serão ofertadas aos demais refugiados.

Os refugiados devem ingressar nos cursos via Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Na prática, os candidatos devem fazer o Enem deste ano. Cada universidade federal tem seu edital dentro do Sisu e será a partir das condições determinadas pelo edital da UFABC no Sisu que os candidatos verificarão se conseguiram a vaga pretendida ou não.

Os diplomas de ensino médio dos refugiados precisam ser validados no Brasil. Como essa é uma dificuldade entre os estrangeiros que chegam ao País na condição de refúgio, Sala afirma que isso será facilitado ao máximo e que é possível solicitar ajuda no Comitê Nacional para os Refugiados (Conare).

O candidato também deve apresentar a comprovação da sua condição de refugiado ou protocolo de solicitação de refúgio. Sala ressalta que apenas o protocolo já dá direito a se inscrever.

Por conta da experiência brasileira na área, o professor Sala acredita que a maioria dos candidatos serão da África, de países como Angola e Congo. “Também não descartamos (que se candidatem) muitos latino-americanos”, afirma Sala, citando colombianos, venezuelanos e cubanos. Por conta do conflito atual na Síria, ele acredita que também haverá candidaturas de sírios.

A abertura de vagas para refugiados na UFABC surgiu como um passo adiante na história que a instituição vem construindo na área. Sala conta que em 2014, a universidade assinou convênio com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados no Brasil (Acnur) para a criação da Cátedra Sérgio Vieira de Mello. A cátedra é formada por grupos de trabalhos nas universidades que estimulam o debate e a produção de conhecimento sobre o tema.

Na UFABC a cátedra é formada por quatro professores, entre eles José Blanes Sala. Como resultado do trabalho, o tema começou a ser tratado dentro das disciplinas na graduação e na pós-graduação, e foram criados cursos de extensão universitária sobre o assunto. Uma reunião de reitores da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), na qual as universidades foram chamadas a tratar do tema dos refugiados, também estimulou a abertura das vagas para estes estrangeiros pela UFABC.

Salas cita uma série benefícios dessa presença dos refugiados na universidade, como a possibilidade de acolhimento de uma realidade diferente. Ele cita tudo o que o refugiado pode oferecer em cultura e na área profissional. “São pessoas com alta capacidade de trabalho porque querem resolver logo a sua situação”, afirma ele. “É um intercâmbio rico para a universidade”, afirma.

Contato:

UFABC
Vagas para refugiados e solicitantes de refúgio em 2018
Cursos: Ciência e Tecnologia – Ciências e Humanidades
Site: http://www.ufabc.edu.br/
Mais informações: (11) 4996-7973
E-mail: dac.prograd@ufabc.edu.br

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form