logo_anba_pt logo_camera_pt
31/07/2017 - 18:58hs
Compartilhe:

Royal Jordanian registra prejuízo de US$ 37 milhões

Companhia aérea teve perdas no primeiro semestre deste ano. Em junho, porém, foi obtido lucro líquido de US$ 2,1 milhões.



Amã – A companhia aérea Royal Jordanian teve um prejuízo líquido de 26,3 milhões de dinares jordanianos (US$ 37 milhões) no primeiro semestre. Segundo a agência de notícias Petra, do país do Oriente Médio, o resultado foi influenciado por flutuações sazonais e por uma queda na média dos preços das passagens.

Em junho isoladamente, porém, a empresa registrou um lucro líquido de 1,5 milhão de dinares (US$ 2,1 milhões), contra perdas de 2,1 milhões de dinares (US$ 2,9 milhões) no mesmo mês do ano passado. Isso ocorreu apesar de um aumento de 27% nas despesas com combustíveis na mesma comparação.

A taxa de ocupação dos aviões chegou a 64,1% no mês passado, ante 60,2% em junho de 2016. Foram transportados 253 mil passageiros em junho de 2017, um crescimento de 13% sobre o mesmo mês do ano passado.

O presidente da companhia, Stefan Pichler, disse que o prejuízo no acumulado do primeiro semestre foi resultado de uma queda significativa nos valores das passagens em função da “dura” concorrência na região do Golfo.

Ele informou que o faturamento recuou 1%, embora o número de passageiros tenha avançado 6% e a ocupação média dos aviões tenha passado de 62% nos seis primeiros meses de 2016 para 68% no mesmo período de 2017. Além disso, os custos operacionais aumentaram 3% em razão de um avanço de 15% nos gastos com combustíveis no primeiro semestre.

No entanto, o executivo comemorou o resultado de junho e se disse confiante na recuperação da empresa.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form