logo_anba_pt logo_camera_pt
08/08/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Oriente Médio é mercado atrativo para a Duratex

Indústria brasileira exporta painéis de madeira à região. Vendas externas totais responderam por 17% da receita da companhia no segundo trimestre.



São Paulo – A Duratex informou que o mercado externo foi responsável em parte por seu desempenho positivo no segundo trimestre. A empresa obteve receita líquida de R$ 916,7 milhões, sendo que R$ 160,2 milhões vieram das exportações, o que equivale a 17,5% do total. Neste valor estão incluídas vendas a países do Oriente Médio e Norte da África. A companhia produz painéis de madeira, além de louças e metais sanitários das marcas Deca e Hydra.

“Esse é um mercado consumidor atrativo, em que a companhia exporta, basicamente, painéis de madeira (MDP, MDF e chapa de fibra)”, disse a indústria sobre o Oriente Médio e Norte da África em resposta a perguntas da ANBA. “A Duratex considera a região importante para o escoamento de seus produtos”, acrescentou a empresa por e-mail nesta segunda-feira (07).

Ao apresentar seu balanço do segundo trimestre na semana passada, a Duratex destacou que os resultados das exportações foram bons, especialmente de produtos de madeira. A vendas externas como um todo avançaram 7,6% sobre o primeiro trimestre. Em relação ao segundo trimestre de 2016, porém, houve um recuo de 23,8%.

A companhia divulgou também que a margem Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) ficou em 19,4% no segundo trimestre de 2017, ante 15,6% nos três primeiros meses deste ano. A empresa registrou lucro líquido de R$ 24,8 milhões de abril a junho, contra um prejuízo de R$ 7,5 milhões de janeiro a março.

Madeira para os árabes

As exportações brasileiras de madeiras e produtos de madeira aos países árabes somaram pouco mais de US$ 18 milhões no segundo trimestre, um aumento de 10,16% sobre o mesmo período do ano passado, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). A Arábia Saudita foi o maior mercado da região de abril a junho.

As vendas de painéis de madeira do Brasil à região renderam US$ 3,75 milhões no segundo trimestre, um crescimento de 21,2% em comparação com o mesmo período de 2016. A Arábia Saudita foi também o principal destino neste caso.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form