logo_anba_pt logo_camera_pt
08/08/2017 - 09:39hs
Compartilhe:

Indicador prevê melhora no mercado de trabalho no Brasil

Indicador Antecedente de Emprego, da Fundação Getulio Vargas, subiu 1,5 ponto em julho após duas quedas consecutivas.



Rio de Janeiro - O Indicador Antecedente de Emprego, da Fundação Getulio Vargas (FGV), avançou 1,5 ponto em julho, alcançando 98,4 pontos, depois de duas quedas consecutivas. Ele é calculado em uma escala de zero a 200 pontos, com base na expectativa de consumidores e de empresários da indústria e dos serviços em relação ao mercado de trabalho nos próximos meses.

No trimestre, no entanto, o indicador acumula queda de 0,7 ponto. Segundo a FGV, apesar das quedas dos dois meses anteriores, o índice antecedente de emprego continua em nível elevado, já que ainda existe forte otimismo em relação à geração de empregos na economia brasileira.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form