logo_anba_pt logo_camera_pt
08/08/2017 - 17:15hs
Compartilhe:

Prefeitura de SP oferece curso gratuito a imigrantes

Projeto Portas Abertas dá cursos gratuitos de português a todos os imigrantes, independentemente de sua situação no Brasil. Foco será nas zonas leste e norte da cidade.



Divulgação

Cartaz com informações do curso

São Paulo – Estão abertas as inscrições para o projeto Portas Abertas, que oferece cursos gratuitos de português para imigrantes. Uma parceria das secretarias municipais de Direitos Humanos e Cidadania e de Educação de São Paulo, a iniciativa busca alcançar imigrantes, apátridas, refugiados ou estrangeiros em outras situações em áreas carentes das zonas norte e leste da capital paulista.

Segundo informações da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, os cursos serão ministrados em dez escolas municipais durante cerca de quatro meses. Na zona norte, os bairros escolhidos foram Canindé, Casa Verde, Santana e Vila Maria; na zona leste, as escolas ficam em Cidade AE Carvalho, Cidade Satélite Santa Bárbara, Guaianazes, Mooca, Parque Cruzeiro do Sul e Tatuapé.

A secretaria informou em comunicado que as regiões escolhidas são de “alta vulnerabilidade social, onde há pouca oferta de cursos de português e maior incidência da população imigrante de São Paulo”.

Os cursos terão 90 horas/aula em três níveis: básico, intermediário e avançado. Os alunos passarão por uma avaliação diagnóstica para definir o nível de linguagem. As inscrições – abertas desde 20 de julho e estendidas até 28 de agosto, data de início das aulas – podem ser feitas nas próprias escolas, onde também serão fornecidas mais informações, como dias e horários do curso. A secretaria informa, porém, que o horário noturno será priorizado.

Para a inscrição podem ser apresentados diversos tipos de documentos: protocolos de situação de refúgio ou de Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), o próprio RNE, carteira de trabalho ou CPF brasileiros ou documentos emitidos no país de origem do imigrante, como passaporte, carteira de identidade ou qualquer outra identificação oficial. Não são exigidos comprovante de residência: nas escolas há um formulário onde o interessado pode informar onde reside.

As fichas de preenchimento estão disponíveis em inglês, espanhol e francês, mas, segundo a secretaria, o curso está disponível para falantes de qualquer língua. Tanto o curso quanto o material distribuído aos alunos são gratuitos.

Serviço

Projeto Portas Abertas: Português para Imigrantes
Inscrições gratuitas até 28 de agosto nas escolas participantes
Mais informações: CRAI (Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes em São Paulo) +55 (11) 3598-7200

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form