logo_anba_pt logo_camera_pt
20/08/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Exposição mostra obras de Niemeyer na Argélia

Casa Niemeyer, em Brasília, recebe exposição de fotografias tiradas pelo britânico Jason Oddy dos monumentos projetados pelo arquiteto em Argel e Constantine.



Jason Oddy/Divulgação

Universidade Houari-Boumediene de Ciência e Tecnologia, em Argel

São Paulo – Fora do Brasil, o país onde foram construídas mais obras do arquiteto Oscar Niemeyer é a Argélia. São quatro prontas e uma em projeto – além de um sexto empreendimento, uma mesquita colocada sobre o mar que jamais saiu do papel. Fotografias da sua “aventura argelina”, como o próprio costumava chamar seu legado no país africano, estão na exposição Concrete Spring, aberta ao público na Casa Niemeyer, em Brasília (DF), até 08 de dezembro.

A mostra que marca a reabertura da casa é uma homenagem da embaixada da Argélia e da Universidade de Brasília (UnB) ao arquiteto, morto há cinco anos, e celebra também os 55 anos do estabelecimento das relações diplomáticas do Brasil com o país árabe e os 30 anos da classificação de Brasília como patrimônio mundial da Unesco. A Câmara de Comércio Árabe Brasileira é uma das patrocinadoras da exposição, inaugurada na última sexta-feira (11).

A Universidade de Ciência e Tecnologia Houari-Boumediene, batizada em homenagem ao presidente argelino responsável pelo convite ao arquiteto, a Escola Politécnica de Arquitetura e Urbanismo e a Sala Omnisport La “cúpula”, todas na capital Argel, e a Universidade Mentouri, na cidade de Constantine – esta, a primeira a ser inaugurada, em 1971 – são as obras prontas de Niemeyer na Argélia que foram retratadas pelo fotógrafo britânico Jason Oddy e que estão expostas na Casa Niemeyer.

O quinto empreendimento é a Biblioteca Árabe-Sul-Americana, um dos seus últimos projetos desenvolvidos, pouco antes de falecer. Está para ser construída em Argel.

Antes de Brasília, a mostra foi exibida na Trienal de Milão, no Tropenmuseum, em Amsterdã, e faz parte de uma exposição sobre a Argélia no MuCEM, em Marselha. Segundo a Embaixada da Argélia em Brasília, Belo Horizonte (MG) e Rio de Janeiro (RJ) deverão ser os próximos destinos.

“Nossas relações sempre foram marcadas pela profunda amizade e solidariedade. As obras de Niemeyer, que ocupam um lugar especial no coração dos argelinos, são a melhor demonstração desses laços privilegiados que mantemos com o Brasil”, afirmou o embaixador Toufik Dahmani.

Serviço

Exposição Concrete Spring
Local: Casa Niemeyer – SMPW Qd 26, Conj. 3, Casa 7, Epia Sul, Brasília-DF
Diariamente, das 9h às 18h (até 08 de dezembro)
Entrada gratuita

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form