logo_anba_pt logo_camera_pt
11/09/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Mulheres distribuem cosméticos do Brasil entre árabes

A marca paulistana SPHair, de produtos para cabelos, tem no Oriente Médio o seu principal mercado. Entre os seus maiores distribuidores na região, metade é mulher.



São Paulo – Uma empreendedora brasileira leva adiante a sua empresa de cosméticos na capital paulista com um pé no mundo árabe. A SPHair, da empresária Cristiane Cintra, tem no Oriente Médio seus principais compradores, emprega refugiadas sírias e também trabalha com um time de mulheres na distribuição de produtos em países árabes.

Divulgação

Cristiane: investimento em produto natural

A SPHair produz principalmente produtos para cabelos. O selante feito com insumos naturais é o carro-chefe e essa composição, sem formol, foi um dos fatores que fez a empresa estabelecer rapidamente sua marca no mundo árabe. “O produto ser natural é uma exigência deles”, diz Cristiane, sobre o mercado árabe de cosméticos.

A empresa 70% dos negócios voltados para a exportação e os seus principais mercados são Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Egito e Iraque. Mas Cristiane afirma que já vendeu para todo o Oriente Médio e tem negócios em andamento com México, Estados Unidos e Alemanha. Nos quatro países árabes, a marca tem cerca de 20 distribuidores com volumes importantes, dos quais metade é mulher.

A composição natural dos selantes que a SPHair comercializa foi o que transformou o Egito no seu primeiro mercado no exterior, ainda em 2012, apenas dois anos após abrir as portas. Nos primeiros anos da empresa, os salões no Brasil ainda eram resistentes a usar cosméticos naturais e a SPHair encontrou no Egito um canal de venda promissor.

Cristiane tinha um blog na internet no qual fazia postagens sobre produtos para cabelos. Foi por meio dele que a brasileira foi indicada a um distribuidor do Egito, que entrou em contato, fez uma parceria com a SP Hair e começou a vender a marca em seu país.

Divulgação

SPHair em evento promocional no Egito

Hoje a empresa tem distribuidores espalhados por diferentes cidades do Oriente Médio. Há desde os que vendem diretamente para salões até os que têm a sua própria rede de vendedores. Cristiane chamou as mulheres para esse trabalho. “As mulheres árabes são extremamente vaidosas e também são empreendedoras”, conta. O negócio deu tão certo que algumas passaram a ter a parceria dos maridos para a distribuição.

A brasileira afirma que na região a maioria das mulheres tem cabelo afro e para que fique confortável usar a burca ou o hijab em cima deles, a selagem é importante. Mas Cristiane acredita que a entrada da SPHair no mercado árabe também tem relação com outros fatores, como o entendimento do mercado e a proximidade com clientes.

A empresária já viajou duas vezes ao Oriente Médio - para palestras e promoção dos produtos - e desenvolveu um relacionamento próximo com as distribuidoras. “Eu entendi o mercado deles, o que precisavam”, afirma. Além disso, ela conta que aprendeu a respeitar e entender a cultura local. “Quando estou lá não existe nada disso (as diferenças), existe muito carinho, respeito e amor”, afirma. As clientes não deixam Cristiane ficar em hotéis, fazem questão de recebê-la em casa.

No ano passado e neste ano a empreendedora fez palestras no Egito. Em maio do próximo ano ela volta para a região para participar com um estande da SPHair na Beautyworld Middle East, a maior feira de cosméticos do Oriente Médio, que ocorre em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Cristiane acredita na expansão dos seus negócios na região, com a introdução de novos produtos e a conquista de novos clientes.

Divulgação

Selantes para cabelos são carro-chefe

A SPHair é levada adiante por Cristiane e pelo marido, Rogério Duarte. Filha de uma cabeleireira, a empreendedora sempre gostou da área de beleza e fez curso na mesma área de atuação da mãe. Mas foi distribuindo produtos para cabelos em salões que ela percebeu que o mercado precisava de itens naturais, de qualidade e mais saudáveis.

Com a ajuda de químicos, Cristiane desenvolveu o primeiro selante e não parou mais. Hoje a SPHair tem 19 produtos no catálogo em várias linhas, todas para cabelos. O fator sedosidade é dado por matérias-primas como óleo de argan e óleo de ojo.

A empresária quer continuar expandindo os negócios no exterior, mas também pretende investir no mercado doméstico, que ainda não foi muito explorado pela marca. O plano é participar de feiras no Brasil e fazer parcerias com escolas de cabeleireiros.

A SPHair tem a produção terceirizada e é uma empresa de médio porte.

Contato:

SPHair
Site: www.sphaircosmetics.com
Telefone: +55 (11) 5527-0869

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form