logo_anba_pt logo_camera_pt
27/09/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Brasileiro é deputado na Jordânia

André Murad nasceu no Rio Grande do Sul e mudou para o país árabe com a família quando tinha nove anos. Em 2016, ele se elegeu para o Parlamento, onde preside o Comitê de Turismo, e agora quer atrair turistas do Brasil.



São Paulo – André Murad nasceu em Santa Rosa, no Rio Grande do Sul, é advogado e deputado... na Jordânia! Filho de mãe brasileira e pai brasileiro de origem palestina, ele se mudou com a família para a nação árabe quando tinha apenas nove anos, fez sua vida lá e no ano passado foi eleito para o Parlamento. Hoje, Murad chefia o Comitê de Turismo do Legislativo jordaniano e quer promover seu país de adoção como destino para os turistas brasileiros.

Divulgação

André Murad foi o deputado mais bem votado em seu distrito

Murad participou de um jantar organizado pelo embaixador do Brasil em Amã, Francisco Carlos Soares Luz, na noite desta terça-feira (26) numa churrascaria brasileira em Amã, que tinha como convidados também o presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Rubens Hannun, o vice-presidente de Relações Internacionais da entidade, Osmar Chohfi, e o assessor de projetos especiais Tamer Mansour.

Murad foi o parlamentar mais bem votado em seu distrito. “E sou o mais novo no Parlamento”, disse ele por telefone à ANBA. O deputado nasceu em 1982 e tem dupla cidadania, brasileira e jordaniana.

Ele quer organizar uma missão ao Brasil, visitar agências de viagens e promover a Jordânia como destino turístico. “Com certeza os brasileiros vão achar o país muito bonito”, afirmou ele, em português.

O parlamentar destacou que a Jordânia tem atrações únicas como o Mar Morto, o local de batismo de Jesus Cristo junto ao Rio Jordão e as ruínas de Petra, além de ser um destino seguro. Ele acrescentou que os jordanianos têm simpatia pelo Brasil e pelos brasileiros.

Casado e pai de quatro filhos, sendo que a mais velha se chama Juliana, “um nome brasileiro”, Murad conta que visitou o Brasil três vezes desde que se mudou para a Jordânia. Sua mãe, no entanto, vem ao País todos os anos. “Tenho uma família grande no Brasil, são dez tios e tias”, contou.

Participaram também do jantar oferecido pelo embaixador empresários jordanianos, representantes locais de empresas associadas à Câmara Árabe e o editor de economia da agência de notícias do governo da Jordânia, Petra.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form