logo_anba_pt logo_camera_pt
11/10/2017 - 14:24hs
Compartilhe:

Marrocos voltará a negociar acordo com o Mercosul

Representantes do país árabe e do bloco terão encontro em novembro em Brasília. Tema foi tratado durante viagem do chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, ao Marrocos, onde ele participou de reunião da OMC.



São Paulo – O Marrocos e o Mercosul terão uma reunião em novembro em Brasília para retomar os trabalhos pelo acordo de livre comércio entre as duas regiões, segundo informações do Itamaraty. O país árabe já tem um acordo quadro com o bloco, que foi assinado em 2004, quando o rei marroquino Mohammed VI esteve no Brasil.

Divulgação

Cruz, Nunes, Alamy e Rkia: reunião

O governo brasileiro está atualmente na presidência temporária do Mercosul e o tema do acordo foi tratado em encontro do ministro das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes, com o ministro da Indústria, do Investimento, Comércio e Economia Digital do Marrocos, Moulay Hafid El Alamy, nesta semana em Marrakech.

O chanceler brasileiro esteve no país árabe para participar de reunião ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), que ocorreu na segunda-feira (9) e terça-feira (10), e teve alguns encontros bilaterais. A reunião como o ministro marroquino também foi acompanhada pela secretária de estado de Comércio Exterior do Marrocos, Rkia Derham, e pelo embaixador do Brasil no Marrocos, José Humberto de Brito Cruz.

De acordo com informações divulgadas pela embaixada brasileira na internet, no encontro Alamy e Nunes falaram sobre formas de reforçar e diversificar o intercâmbio comercial e de investimentos entre o Brasil e o Marrocos. Nesta seara, além de negociações pelo tratado entre Marrocos e Mercosul, o Brasil negocia individualmente com o país árabe um acordo de cooperação e facilitação de investimentos.

O acordo quadro já assinado pelo Marrocos com o Mercosul previa o estabelecimento de condições e mecanismos para negociar uma área de livre comércio. Esse tipo de documento normalmente marca o início das negociações, mas até então as conversas não chegaram a evoluir para uma assinatura do tratado em si.

Brasil na OMC

Na reunião ministerial da OMC, o chanceler brasileiro defendeu o fortalecimento do sistema multilateral de comércio e a adoção de medidas em favor da liberalização comercial e do desenvolvimento. A proposta de Nunes é que essas medidas neste sentido sejam tomadas na 11ª Conferência Ministerial da OMC, que vai ocorrer em Buenos Aires, em dezembro deste ano.

Itamaraty

Encontro da OMC ocorreu no Marrocos

Como parte da agenda no Marrocos, na segunda-feira, além de se encontrar com o ministro marroquino, o chanceler brasileiro também participou de um café da manhã com o Grupo de Cairns, que reúne os países responsáveis por 25% da exportação agrícola do mundo.

Nunes esteve ainda com autoridades da Argentina, Suíça e Índia, com o diretor-geral da OMC, Roberto Azevêdo, com o ministro do Comércio do Canadá, François-Philippe Champagne, e com a Comissária Europeia para o Comércio, Cecília Malmström. Com o ministro do Canadá ele tratou de um possível acordo de comércio do Mercosul com o país e com a comissária europeia o tema foi o tratado Mercosul-União Europeia.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form