logo_anba_pt logo_camera_pt
30/10/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Árabes importam autopeças do Brasil

Compradores do Egito, Emirados, Jordânia, Kuwait e Líbano participaram do Projeto Comprador Brasil Auto Parts, iniciativa do Sindipeças e da Apex-Brasil.



São Paulo – Seis compradores árabes participaram da 10ª edição do Projeto Comprador Brasil Auto Parts, convênio entre o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Eles participaram de rodadas de negócios e visitas a fábricas de São Paulo e em Caxias do Sul (RS) no começo de outubro.

Interessados em sistemas de freio, elétrico, transmissão, motor, direção, iluminação, suspensão, direção, arrefecimento e carroceria, os árabes fecharam, segundo estimativas do Sindipeças, US$ 30 mil em negócios imediatos, com perspectiva de mais US$ 300 mil nos próximos doze meses.

Segundo Elias Mufarej, conselheiro da associação, os compradores representavam distribuidoras de autopeças – eram dois do Egito, um dos Emirados Árabes Unidos, um da Jordânia, um do Kuwait e um do Líbano.

“Buscavam majoritariamente peças para o mercado de reposição e para os veículos de passageiros, linha pesada e segmento agrícola. Recebemos consulta do consulado egípcio para troca de informações comerciais entre fábricas locais e brasileiras de autopeças interessadas nos mercados”, disse o executivo por e-mail.

Mufarej conta que os compradores – no total, foram 28, de quinze países – ficaram três dias em São Paulo e dois em Caxias do Sul. Foram realizadas 1.150 reuniões com 97 empresas brasileiras, que geraram US$ 4,2 milhões em negócios fechados e mais US$ 15 milhões em possibilidades nos próximos doze meses.

O setor de autopeças brasileiro exporta produtos para mais de 180 países – em 2016, faturou US$ 6,5 bilhões com embarques. Deste valor, US$ 70 milhões foram enviados a vinte países árabes, de acordo com levantamento do Sindipeças com base em dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

De acordo com Mufarej, compradores árabes estão sempre na mira da associação para a Automec, principal feira do setor, e do Projeto Comprador. O Projeto Brasil Auto Parts participa também anualmente da Automechanika Dubai, uma das principais feiras do setor no Oriente Médio.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form