logo_anba_pt logo_camera_pt
08/11/2017 - 18:46hs
Compartilhe:

Tunísia promove fórum para atrair investimentos

Encontro bienal será realizado nesta quinta e na sexta-feira, em Túnis. São esperados 1,2 mil participantes de mais de 30 países. Câmara Árabe estará presente.



São Paulo – Será realizado nesta quinta (09) e sexta-feira (10) em Túnis o Fórum de Investimentos da Tunísia, evento bienal destinado a atrair investimentos ao país árabe. A edição deste ano tem como mote “Uma nova Tunísia, uma nova visão econômica”. São esperados investidores, empresários, representantes de governos e de instituições internacionais, num total de 1,2 mil participantes de mais de 30 países.

“Nós esperamos atrair novos investidores estrangeiros, entre eles nossos amigos brasileiros por meio da participação ativa da Câmara de Comércio Árabe Brasileira nesta edição, que será nossa parceira na organização de uma missão de empresários brasileiros à Tunísia, possivelmente em abril de 2018”, disse o embaixador da nação árabe em Brasília, Mohamed Hédi Soltani, por e-mail à ANBA.

A Câmara Árabe será representada por sua executiva de Negócios Internacionais Fernanda Baltazar. “A ideia é colocar em contato representantes do governo e do setor privado de diferentes setores”, observou ela.

Segundo o embaixador, as discussões do fórum vão girar em torno de quatro grandes temas: “Tunísia 2020: perspectivas promissoras”, “Papel da Tunísia nas cadeias mundiais de valor”, “Um olhar sobre a África, o posicionamento da Tunísia como polo regional” e “Responsabilidade social das empresas e desenvolvimento regional”.

O diplomata acrescentou que nesta edição serão realizados workshops sobre economia digital, eletrônica e agricultura orgânica, além de rodadas de negócios entre investidores, jovens empreendedores e instituições financeiras. Outro diferencial do fórum este ano é o destaque dado à África, informou o diplomata.

De acordo com Soltani, a programação dará publicidade à nova legislação tunisiana sobre investimentos, o que inclui um novo Código de Investimentos, uma lei sobre parcerias público-privadas, outra sobre energias renováveis e o plano estratégico do país para o período 2016-2020.

Além de acompanhar a programação, a executiva da Câmara Árabe fará contatos com empresas tunisianas, entidades setoriais e órgãos do governo com o objetivo de planejar ações de promoção do comércio e dos investimentos entre o Brasil e a Tunísia. A embaixada do Brasil em Túnis também deverá participar do evento.

“Eu convido nossos amigos brasileiros a também se preparar para participar da próxima edição do fórum, já programada para os dias 21 e 22 de junho de 2019”, concluiu o embaixador.

O Fórum de Investimentos na Tunísia ganhou especial importância após a Primavera Árabe, em 2011 - que lá ganhou o nome de Revolução de Jasmim -, quando um levante popular pôs fim ao regime de mais duas décadas de Zine El Abdine Ben Ali.

Apesar da instabilidade política e econômica que se seguiu, a Tunísia é o único país chacoalhado pela Primavera que se mantém firme até hoje no processo de transição democrática. De lá para cá, novos governantes e parlamentares foram eleitos em mais de uma eleição, uma nova constituição foi aprovada, assim como novas leis.

O país sofre, porém, com um alto nível de desemprego, principalmente entre os jovens, e tem necessidade de financiamento externo, principalmente após o turismo ter sido afetado por atentados terroristas em Túnis e em Sousse em 2015. A atividade é uma das principais fontes de divisas do país.

Nesse sentido, a modernização da legislação sobre investimentos, a melhora do ambiente de negócios e a busca por investimentos externos têm sido alguns dos principais ingredientes para fazer a economia avançar.

Mais informações sobre o fórum em www.tunisiainvestmentforum.tn

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form