logo_anba_pt logo_camera_pt
19/11/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Câmara Árabe obtém última versão da ISO 9001

Entidade tem a certificação ISO 9001 desde o ano 2000 e migrou no mês passado para a versão 2015. Processo faz parte da busca contínua por melhoria dos serviços.



São Paulo – A Câmara de Comércio Árabe Brasileira obteve no final do mês passado a última versão da certificação ISO 9001, que é a 2015. Ela foi conquistada após auditoria externa nos dias 19 e 20 de outubro e significa que a entidade cumpre os requisitos mais modernos dentro deste sistema de gestão da qualidade. A Câmara Árabe tem a ISO 9001 desde o ano 2000, mas preocupada em manter os padrões de qualidade, buscou a versão 2015.

Isaura Daniel/ANBA

Câmara Árabe: foco em melhoria contínua

“Fizemos um upgrade para a versão 2015 demonstrando que cada vez prestamos um atendimento melhor. A Câmara Árabe está buscando sempre a melhoria da qualidade dos serviços”, afirma o diretor geral da entidade, Michel Alaby.

Para obter a ISO 9001: 2015, as empresas e organizações precisam cumprir algumas exigências. São necessários, por exemplo, maior envolvimento da alta direção com o sistema de gestão, e um pensamento baseado em riscos incorporado aos requisitos, o que significa que deve ser avaliado o risco dos processos de gestão da qualidade na companhia.

A ISO 9001: 2015 também tem como requisito que a empresa dê ênfase às necessidades das partes interessadas, ou seja, foque não apenas nos clientes, mas em outros envolvidos, como colaboradores, fornecedores, comunidade, entre outros, de acordo com informações da coordenadora de Gestão de Processos da Câmara Árabe, Flaviane Forti Chitero.

Outros quesitos avaliados são que a gestão de qualidade esteja integrada e alinhada com o direcionamento estratégico da organização, que haja foco na gestão e melhoria da performance, e que haja uma abordagem mais flexível para a informação documentada, o que significa flexibilidade na documentação dos processos internos.

A palavra ISO vem da sigla em inglês de Organização Internacional para a Padronização (International Organization for Standardization), que é uma entidade de padronização e normatização criada na Suíça em 1947. Essa organização criou grupos de normas que servem como modelo para gestão da qualidade e um deles é o ISO 9001. Essa ISO surgiu no meio industrial para que empresas de um país pudessem comercializar com as de outros com a segurança de que todos os envolvidos tivessem foco na qualidade.

Divulgação

Alaby: upgrade demonstra serviços melhores

Desde que foi criada, a ISO 9001, porém, ganha versões cada vez mais modernas que trazem resultados melhores. A versão 1987, por exemplo, tinha como foco a garantia da qualidade, a de 1994 incluiu o conceito de prevenção, a do ano 2000 deu maior ênfase às empresas de serviços e a de 2008 ficou mais compatível com outros sistemas de gestão. A ISO tem outros sistemas de gestão, como o 14001, voltado para o meio ambiente.

Antes da ISO 9001:2015, a Câmara Árabe tinha a versão 2008, que era a mais recente antes da 2015. A migração para a nova versão resultou em otimização de processos, melhoria da organização e mais envolvimento da alta direção, de acordo com Chitero. Em entrevista à ANBA, o presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun, parabenizou a equipe da entidade pela iniciativa de fazer o upgrade e conquistar a nova versão da ISO 9001.

Desde o início da adoção do sistema, ele vem ajudando a entidade a reter o seu conhecimento, ter registrada a descrição dos seus processos para que eles possam ter continuidade independentemente da mudança de profissionais da entidade. Segundo Alaby, as grandes câmaras de comércio no Brasil e muitas câmaras árabes têm certificação ISO.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form