logo_anba_pt logo_camera_pt
04/12/2017 - 18:25hs
Compartilhe:

Livro destaca papel de D. Pedro II na imigração árabe

Obra em quadrinhos 'Brimos' terá roteiro da jornalista e historiadora Marta Tajra e do arquiteto e desenhista Paulo Akl. Lançamento está previsto para meados de 2018.



São Paulo – O papel do imperador Dom Pedro II no incentivo à imigração árabe no Brasil e a importância deste fluxo demográfico para a formação da identidade brasileira serão temas do livro em quadrinhos “Brimos”, a ser lançado pela Editora Zahle, de Teresina, no Piauí, em meados do próximo ano.

Reprodução

Página de esboço do livro para divulgação

A publicação está em fase de elaboração pela jornalista e historiadora Marta Tajra, proprietária da editora, e pelo arquiteto e desenhista Paulo Akl, ambos descendentes de sírios e libaneses. Tajra é responsável pelo roteiro e Akl pelas ilustrações.

Dom Pedro II visitou a Palestina, Líbano, Síria e Egito em duas grandes viagens que fez ao exterior em 1871 e em 1876/77. Os autores vão contar que nestas viagens o imperador lançou as bases do movimento migratório que começaria poucos anos depois, e que fez isso não só para incentivar a ocupação do território brasileiro, na época esparsamente povoado, mas também como parte de um processo de criação de uma identidade nacional.

O Brasil recebeu muitos imigrantes a partir do final do século 19. Este movimento começou ainda no Império, mas continuou na República, a partir de 1889, e seguiu forte ao longo do século 20. Alemães, italianos, espanhóis, japoneses, árabes e pessoas de outras nacionalidades vieram se juntar aos portugueses, negros africanos, índios e brasileiros natos que habitavam o Brasil.

Muitos dos imigrantes foram trabalhar na agricultura, mas não os árabes, que preferiam o comércio e foram correr o País de uma ponta a outra vendendo seus produtos como mascates. Os autores pretendem mostrar que os efeitos deste fluxo podem ser sentidos até hoje na sociedade brasileira.

Eles estão pesquisando o tema há quatro meses e esperam encerrar este trabalho em fevereiro, inclusive com informações de descendentes da família imperial, para então colocar de fato o livro no papel. Há um esboço do início de “Brimos” que os autores utilizam como material de divulgação, mas as ilustrações são de João Torres.

A dupla tem apoio da Câmara de Comércio Árabe Brasileira e do Serviço Social da Indústria (Sesi) na empreitada, e tem divulgado a iniciativa em eventos da diáspora árabe, inclusive fora do Brasil.

Além de contar a história da imigração com ênfase no papel do imperador, o livro irá mostrar “casos de sucesso” da comunidade de origem árabe, mas sem citar sobrenomes específicos.

A escolha por uma obra em quadrinhos ocorreu, segundo eles, porque trata-se de uma linguagem universal, acessível e que pode ser lida por crianças, jovens e adultos.

Mais informações:

Editora Zahle, com Marta Tajra
Tel.: (86) 3234-3121
E-mail: zahleassessoria@hotmail.com
Site: www.editorazahle.com

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form