logo_anba_pt logo_camera_pt
27/12/2017 - 07:00hs
Compartilhe:

Refugiado palestino toca em orquestra de São Paulo

Yousef Saif chegou ao Brasil em abril. O músico de 23 anos toca o bouzouki, instrumento da família do alaúde.



Daniel Kersys

Saif em apresentação da orquestra

São Paulo - Yousef Mozahem Yousef Saif é refugiado palestino e chegou no Brasil em abril de 2017. O músico de 23 anos toca o bouzouki, instrumento da família do alaúde. Desde maio, ele participa da Orquestra Mundana Refugi, que divulga a causa dos refugiados e mostra a música como síntese de acolhimento e respeito à diversidade.

O músico nasceu em Jeddah, na Arábia Saudita, onde seu pai trabalhou nos seus primeiros três anos de vida. Desde então, retornaram à terra natal da família e ele foi criado na cidade de Tulkarm, na Palestina. Saif deixou seu país e veio para o Brasil sozinho em abril de 2017, buscando asilo pelos conflitos e pressão política local.

Sua família e amigos continuam morando lá, e ele sente saudade e vontade de visitá-los. Morando em São Paulo, Saif diz ter encontrado respeito e que aqui se sentiu acolhido. Contou que os brasileiros não são preconceituosos com ele. “Não me sinto um refugiado aqui, eu amo esse país, encontrei trabalho e estou vivendo minha vida”, disse.

Daniel Kersys

Orquestra reúne artistas de 12 países

Sua amiga síria Oula Al-Saghir é cantora na orquestra e o convidou para participar de um ensaio em maio, e desde então ele começou a fazer parte do projeto. Saif já tocou em nove grupos diferentes e hoje está muito feliz na orquestra. “Toda vez que a gente toca eu aprendo algo novo, é uma experiência ótima”. Seu plano para o futuro é voltar a estudar música, e continuar a tocar e trabalhar sua arte aqui em São Paulo.

 A orquestra

O projeto da orquestra foi criado pelo músico Carlinhos Antunes e a assistente social Cléo Miranda em abril deste ano, com apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc). O grupo é composto por 20 músicos, sendo oito brasileiros e 12 refugiados e imigrantes de diversos países, entre eles Síria, Palestina, Irã, Cuba, Congo e Haiti.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form