logo_anba_pt logo_camera_pt
05/01/2018 - 17:51hs
Compartilhe:

Exportações de frango têm alta de 5,7%

Vendas externas do produto brasileiro somaram US$ 7,2 bilhões em 2017. Oriente Médio respondeu por fatia de 33,5%.



São Paulo – A associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) divulgou nesta quinta-feira (04) o balanço das exportações de carne de frango em 2017. Considerando todos os produtos, entre in natura e processados, houve alta de 5,7% em relação ao ano anterior. A receita foi de US$ 7,236 bilhões em 2017, e de US$ 6,848 bilhões em 2016.

Os embarques do setor fecharam o ano com decréscimo de 1,4% no volume, totalizando 4,32 milhões de toneladas. Em 2016, as exportações somaram 4,383 milhões de toneladas.

O Oriente Médio representa 33,51% da receita total. O total exportado para a região foi de US$ 2,4 bilhões, um crescimento de 2,1% em relação a 2016. Os países que mais compraram foram a Arábia Saudita (US$ 1 bilhão), os Emirados Árabes Unidos (US$ 517 milhões), o Iraque (US$ 192 milhões) e o Kuwait (US$ 190 milhões). Catar, Omã, Iêmen e Jordânia também estão entre os importadores árabes.

No mês de dezembro, houve retração de 8,6% na receita total de exportações, com US$ 523,8 milhões. Em volume, o setor embarcou 321,5 mil toneladas de carne de frango, número 11,2% inferior ao obtido no mesmo mês de 2016.

Segundo o presidente executivo da ABPA, Francisco Turra, os fatos de o País nunca ter registrado influenza aviária, manter boas relações diplomáticas com os mercados internacionais e ter novamente comprovado ao mundo a qualidade de seus produtos, foram primordiais para o desempenho do setor no ano.

“Os resultados estão conforme a previsão da ABPA para o ano, com melhor desempenho em receita, mesmo com uma leve queda nos volumes embarcados. O mercado internacional segue pressionado, favorecendo os preços dos produtos”, comentou Turra, segundo comunicado da entidade.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form