logo_anba_pt logo_camera_pt
07/02/2018 - 18:00hs
Compartilhe:

Dubai bateu recorde de turistas em 2017

Os 15,7 milhões de pessoas que visitaram o emirado representaram um crescimento de 6,2% em relação ao ano de 2016.



São Paulo – Dubai registrou crescimento de 6,2% no turismo internacional em 2017, com 15,78 milhões de visitantes, se aproximando do objetivo de receber 20 milhões de turistas por ano a partir de 2020. Em 2016, o crescimento foi de 5%. 

Dubai Media Office

Dubai é a 4ª cidade mais visitada do mundo

De acordo com dados publicados nesta quarta-feira (07) pelo Departamento de Turismo e Comércio de Dubai (Dubai Tourism), este número estabelece um novo recorde para o emirado e impulsiona o setor de viagens e turismo local.

"Hoje o setor de viagens e turismo de Dubai não está apenas bem posicionado para oferecer uma grande experiência de destino, mas também está voltado a acelerar a sua atratividade visando as necessidades diversas de nossos viajantes globais”, declarou o diretor geral da Dubai Tourism, Helal Saeed Almarri, no relatório oficial.

A Índia permanece sendo o principal mercado de origem dos turistas, com um aumento de 15% somando 2,1 milhões de visitantes. A Arábia Saudita manteve o segundo lugar, apesar de um recuo de 7%, enviando 1,53 milhão de pessoas, e o Reino Unido ficou em terceiro lugar, com um crescimento de 2%, o equivalente a 1,27 milhão de turistas.

Em quinto lugar, a China cresceu 41%, somando 764 mil visitantes, e em oitavo lugar, a Rússia aumentou em 121% seus turistas, o equivalente a 530 mil pessoas. O crescimento se deve ao fato de que cidadãos de ambos os países passaram a ter a entrada no país facilitada, com o recebimento de visto no momento da chegada aos Emirados. Esta mudança ocorreu no final de 2016 para a China, e no início de 2017 para a Rússia.

Também houve aumento de visitantes dos Estados Unidos, Alemanha e Irã, com 633 mil, 506 mil e 503 mil visitantes, respectivamente. O tráfego de Omã e do Paquistão diminuíram.

Por regiões, Europa Ocidental enviou o maior número de turistas, com participação de 21% e aumento de 5,5% em relação a 2016, somando 3,2 milhões de pessoas. O segundo maior mercado são os outros cinco países do Golfo - Omã, Arábia Saudita, Catar, Bahrein e Kuwait - com 19%, representando um declínio de 4% no comparativo ano a ano, totalizando três milhões de turistas; e em terceiro a região do Sul da Ásia com 18%, registrando crescimento de 10,6%, enviando 2,8 milhões de turistas.

Almarri disse ainda que Dubai está consolidando sua posição como a quarta cidade mais visitada do mundo. "Continuamos confiantes de que nosso desempenho, apoiado pela força de nossas parcerias entre os setores público e privado, nos permitirá alcançar com sucesso o objetivo de tornar Dubai a cidade mais visitada do mundo, além de ser a mais recomendada com o maior número de visitantes fiéis (que foram mais de uma vez ao emirado)", disse o diretor geral.


Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form