logo_anba_pt logo_camera_pt
12/02/2018 - 17:07hs
Compartilhe:

Investidores terão garantias, diz governo do Iraque

No primeiro dia da Conferência Internacional para a Reconstrução do Iraque, na Cidade do Kuwait, ocorreu painel sobre o Papel de Instituições Financiadoras. Autoridades destacaram o potencial do país.



Cidade do Kuwait – Nesta segunda-feira (12), primeiro dia da Conferência Internacional para a Reconstrução do Iraque, na Cidade do Kuwait, ocorreram dois eventos simultâneos. Um foi a Conferência do Programa para ONGs Apoiarem a Situação Humanitária no Iraque, organizada pela Organização Internacional de Caridade Islâmica, e o segundo, que a reportagem da ANBA acompanhou, foi o Programa de Reconstrução do Iraque e o Papel de Instituições Financiadoras, organizado pelo Fundo do Kuwait para o Desenvolvimento Econômico Árabe (Kuwait Fund).

Bruna Garcia/ANBA

Al-Hiti: investimentos brasileiros são bem-vindos

Ao longo da manhã e da tarde, no hotel JW Marriott, diversas autoridades do governo do Iraque e instituições apoiadoras, como o Banco Mundial, o Kuwait Fund e agências da ONU, debateram as necessidades do país neste momento pós-guerra, como habitação, energia, água, saúde e segurança, e apresentaram soluções de investimentos.

O presidente do Fundo de Reconstrução de Áreas Afetadas por Operações Terroristas do Iraque, Mustafa Al-Hiti, disse à ANBA que tanto o Brasil quanto outros países que decidirem investir na reconstrução precisam de garantias e retornos.

“O momento do mercado iraquiano é atrativo para investimentos no que diz respeito ao potencial do país. O Iraque é um país potencialmente rico, ele precisa apenas de um investimento inicial, mas é um país rico em recursos naturais e em recursos humanos”, disse Al-Hiti.

O representante governamental afirmou que o Iraque tem boas relações com o Brasil e que investimentos brasileiros serão muito bem-vindos. “Nós não viemos aqui apenas para pedir dinheiro, nós viemos para apresentar uma proposta para a comunidade internacional. Estamos apresentando um investimento sólido e confiável. Este é um bom momento no Iraque, nesta era pós-Estado Islâmico, temos uma janela de oportunidades para reconstruir o país”, finalizou.

Enviar por E-mail:





Comentários

Seu comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.





imagem_form