Exportações do agronegócio avançam 5%

Brasil exportou o equivalente a US$ 59 bilhões de janeiro a julho. O valor é recorde para o período.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – As exportações do agronegócio brasileiro somaram US$ 59,2 bilhões de janeiro a julho, um aumento de 5% sobre os sete primeiros meses de 2017. O valor é recorde para o período, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira (09) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O complexo soja (grãos, farelo e óleo) foi o principal responsável pelo desempenho, seguido dos produtos florestais, principalmente celulose. Caíram, porém, as vendas externas de carnes, do complexo sucroalcooleiro (açúcar e etanol) e café.

Em junho, as exportações do agronegócio renderam US$ 9,73 bilhões, um crescimento de 17,8% em relação ao mesmo mês do ano passado. Houve aumento das vendas de três dos principais segmentos do setor: complexo soja, carnes e produtos florestais. Ocorreu recuo, no entanto, nos embarques do grupo sucroalcooleiro, de cereais e de café.

Café

Para os países árabes, as exportações de café do Brasil chegaram a 663,5 mil sacas de 60 quilos de janeiro a julho, um crescimento de 1% sobre o mesmo período do ano passado. A receita, entretanto, caiu 10,4% na mesma comparação, para US$ 100,5 milhões, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (09) pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Christophe Simon/AFP

Publicações relacionadas