Líbano terá exposição sobre arquitetura brasileira

A mostra ‘Muros de Ar’, que aborda transposição de paredes e esteve na Bienal de Arquitetura de Veneza, poderá ser vista no Centro Cultural Brasil-Líbano, em Beirute, a partir da próxima quarta-feira.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – A exposição “Muros de Ar”, que fez parte do pavilhão brasileiro na 16ª Bienal de Arquitetura de Veneza (foto acima), poderá ser vista a partir da próxima quarta-feira (09) no Centro Cultural Brasil-Líbano, em Beirute. A mostra traz modelos sofisticados de 17 edifícios com painéis explicativos feitos por arquitetos brasileiros.

Maquete que fez parte da Bienal de Veneza

A abertura da exposição vai ocorrer no dia 09, às 19 horas, com palestra da arquiteta e uma das curadoras da mostra Laura Gonzales Fierro. Ela é arquiteta e curadora, vive em Nova York, e é fundadora do Fierro, estúdio com projetos na Cidade do México, São Paulo, Nova York e Miami em arquitetura, planejamento urbano, design e consultoria.

Os trabalhos que fazem parte de “Muros de Ar” foram selecionados por meio de chamada pública, tendo em vista a Bienal de Veneza de 2018. São peças que fazem referência à transposição de paredes e fronteiras presentes no Brasil e em sua arquitetura. Na chamada para o envio dos trabalhos, o muro foi proposto como elemento da arquitetura, da cultura e da identidade brasileira, e sua transposição um convite ao convívio e à multiplicidade.

De acordo com material divulgado pelo Centro Cultural Brasil-Líbano, as peças selecionadas compartilham o desejo de investigar novas maneiras de lidar com os limites, divisões e rupturas dos tecidos urbanos. Elas foram escolhidas por suas ideias inspiradoras e tangíveis para transformar o ambiente em um lugar mais fluído e inclusivo.

Marcelo, Laura, Sol e Gabriel: curadores

Os projetos abordam como reunir pessoas por uma causa comum contra a força da especulação financeira da terra, como repensar as limitações tecnológicas, como a comunidade pode aprender de forma coletiva, como conectar grandes corredores de infraestrutura, como repensar áreas de preservação como espaços públicos, entre outros temas. Além de Laura, são curadores Gabriel Kozlowski, Marcelo Maia Rosa e Sol Camacho.

A mostra em Beirute ocorre com apoio da Fundação Bienal São Paulo, Fundação Nacional de Artes (Funarte) e Embaixada do Brasil em Beirute, da qual faz parte o Centro Cultural Brasil-Líbano. A participação na abertura da mostra é gratuita, mas é preciso reservar vaga em função do número limitados de lugares. A exposição poderá ser vista até 08 de novembro, gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 10 às 20 horas.

Serviço

Exposição “Muros de Ar”
De 09 de outubro a 08 de novembro de 2019
Centro Cultural Brasil-Líbano
Rua Mar Mitr street, Edifício Trad, 176,
Achrafieh – Beirute – Líbano
Mais informações aqui

Visitação de segunda a sexta, das 10h às 20h
Entrada gratuita

Abertura em 09 de outubro, das 19h às 21h
Entrada gratuita mediante reserva
Reserva até 07/10 pelo telefone +961 1 322-905

Pedro Ivo Trasferetti/Bienal de São Paulo Foundation
Ricardo Tosetto/Fundação Bienal de São Paulo
Pedro Ivo Trasferetti/Fundação Bienal de São Paulo

Publicações relacionadas