O Egito Antigo de Essam

Radicado no Brasil, o artista árabe Essam Elbattal criou o Museu Egípcio Itinerante, com réplicas de peças famosas do Egito Antigo. As obras já foram vistas por 1,8 milhão de pessoas.

Aurea Santos
aurea@anba.com.br

S√£o Paulo ‚Äď Parado diante de uma grande fila para a entrada no Museu do Cairo, no ano de 1991, o artista Essam Elbattal perguntou-se quantas pessoas n√£o gostariam de ter a oportunidade de visitar o local e ver as obras relacionadas ao Egito Antigo. Assim, ele decidiu criar r√©plicas das pe√ßas daquele per√≠odo expostas n√£o somente em sua cidade, mas tamb√©m em outros museus do mundo, como o Louvre, na Fran√ßa, o de Berlim, na Alemanha, o de Londres, na Inglaterra, al√©m do Museu de Alexandria, tamb√©m no Egito. Nasceu, ent√£o, a ideia do Museu Eg√≠pcio Itinerante, que hoje re√ļne quase 800 pe√ßas e j√° passou por diversas cidades do Brasil.

Elbattal chegou ao Brasil em 1996, convidado por um shopping center a expor suas obras no pa√≠s. Gostou tanto que acabou ficando por aqui. Fixou-se no Rio Grande do Sul e hoje mant√©m seu ateli√™ na cidade ga√ļcha de Viam√£o. Em seu trabalho, utiliza materiais como madeira, pedra, gesso e fibra de vidro. "S√£o pe√ßas como a Pedra Roseta, a est√°tua de Nefertiti, papiros, sarc√≥fagos, entre outras que fazem parte do Egito Antigo", diz o artista.

No pa√≠s, o Museu Eg√≠pcio Itinerante j√° passou por cidades no Maranh√£o, Rio Grande do Sul, S√£o Paulo e Santa Catarina. Pelo mundo, j√° foram feitas exposi√ß√Ķes na Alemanha, √Āfrica do Sul e Jap√£o. Atualmente, o museu est√° montado no Farol Shopping, na cidade catarinense de Tubar√£o, onde fica at√© o dia 11 de setembro. Na maior parte das vezes, Elbattal monta sua exposi√ß√£o a convite de lugares como shoppings, casas de cultura e universidades. O n√ļmero de pe√ßas expostas, diz ele, varia de acordo com o espa√ßo em que ser√° montada a mostra.

"H√° tamb√©m um espet√°culo de som e luz, para que os visitantes possam captar mais informa√ß√Ķes sobre o Egito Antigo", conta Elbattal. "√Č um circuito de hist√≥rias sobre o per√≠odo, no qual esculturas como a de Tutanc√Ęmon, Qu√©fren, Rams√©s 2¬ļ, Os√≠ris e √ćris se iluminam e contam sua hist√≥ria", revela. Em rela√ß√£o ao p√ļblico, ele diz que seu museu j√° teve 1,8 milh√£o de visitas registradas. Hoje, diz o artista, ele est√° em busca de parceiros interessados em trazer seu museu novamente para a capital paulista.

Elbattal, no entanto, n√£o deixou totalmente o Egito, e mant√©m ainda um ateli√™ no Cairo, na Pra√ßa Tahrir, que ficou famosa como palco das manifesta√ß√Ķes populares que derrubaram o ex-presidente Hosni Mubarak. No Brasil, o artista tamb√©m realiza um interessante trabalho volunt√°rio, ensinando arte a crian√ßas da Escola Estadual de Ensino Fundamental Ana Jobim, em Viam√£o. L√°, Elbattal oferece curso de fabrica√ß√£o de papiros e de escultura em argilas. Algumas das pe√ßas que exp√Ķem em seu museu s√£o resultado do trabalho de seus alunos, outras pertencem ainda a um outro artista eg√≠pcio, Maged Jorge.

Serviço
Museu Egípcio Itinerante
Até 11 de setembro no Farol Shopping, em Tubarão, Santa Catarina
Av. Marcolino Martins Cabral, n¬į 2525
Ingressos: R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia entrada)
Contato do artista: museuegipcio@hotmail.com

Publica√ß√Ķes relacionadas