Arábia Saudita já recebeu 5 milhões de peregrinos na Umrah

O país retomou a peregrinação por fases desde outubro e informou que nenhum caso de covid-19 foi detectado.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – A Arábia Saudita recebeu cinco milhões de peregrinos e fiéis na Grande Mesquita de Meca desde a retomada da Umrah, em outubro, de acordo com a Agência de Notícias Saudita (SPA, na sigla em inglês). A Umrah é a peregrinação a Meca fora do período do Hajj.

O ministro do Hajj e da Umrah, Mohammed Saleh Benten, informou que nenhum caso de covid-19 foi registrado entre os fiéis da Umrah até agora. A Arábia Saudita havia suspendido a Umrah em março para evitar a propagação do coronavírus.

O país anunciou em setembro que a Umrah seria retomada em fases. A peregrinação foi reaberta em 4 de outubro, com cidadãos e expatriados autorizados a realizar a Umrah a 30% da capacidade, o equivalente a seis mil fiéis por dia.

Na segunda fase, que teve início em 18 de outubro, o número de peregrinos autorizados a realizar a Umrah aumentou para 15 mil por dia.

A terceira etapa começou em 1º de novembro e permitiu que peregrinos de fora do país também pudessem realizar a Umrah e visitar as Mesquitas Sagradas com 100% da capacidade, o que equivale a 20 mil peregrinos e 60 mil fiéis por dia.

A Arábia Saudita suspendeu todos os voos internacionais e fechou suas fronteiras por uma semana desde segunda-feira (21) devido à nova cepa do vírus. O fechamento pode se estender por mais uma semana, disseram as autoridades.

 

 

AFP

Publicações relacionadas