Bahrein celebra pela 1ª vez em Brasília sua data nacional

Embaixada do país árabe foi inaugurada no ano passado. Encarregado de negócios Bader Al-Hulaibi recebeu autoridades, diplomatas e representantes da sociedade civil.

Alexandre Rocha
alexandre.rocha@anba.com.br

Sidney Romeiro (esq.) com Bader Al-Hulaibi

São Paulo – A embaixada do Bahrein celebrou pela primeira vez em Brasília a data nacional do país árabe, na noite desta terça-feira (10), no Clube Monte Líbano. A representação diplomática foi aberta no ano passado.

Oficialmente, as comemorações ocorrem em 16 de dezembro e, segundo a embaixada, marcam o estabelecimento do estado do Bahrein como país árabe e muçulmano, fundado por Ahmed Al-Fateh, em 1783; a entrada da nação na ONU; e ascensão ao trono de Isa Bin Salman Al Khalifa, pai do atual rei, Hamad Bin Isa Al Khalifa.

O Brasil e o Bahrein estabeleceram relações diplomáticas em 1974. “As crescentes e perseverantes relações entre o Reino do Bahrein e a República Federativa do Brasil se estendem por 45 anos. No ano passado, o Reino do Bahrein abriu sua primeira embaixada na América do Sul, e foi na capital do Brasil, Brasília, pois o Reino do Bahrein tem aspirações de estabelecer relações estratégicas com o Brasil”, disse o encarregado de negócios da embaixada da nação árabe, Bader Abbas Al-Hulaibi (foto do alto), de acordo com nota da representação diplomática.

Da esq. p/ dir., os diplomatas da Arábia Saudita, Bahrein, Palestina, Sudão e Argélia

Segundo a embaixada, participaram da cerimônia representantes do governo brasileiro, diplomatas, jornalistas e membros da sociedade civil. Estavam presentes o diretor do Departamento do Oriente Médio do Itamaraty, Sidney Romeiro, o decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil, Ibrahim Alzeben, que é também embaixador da Palestina, e os embaixadores da Arábia Saudita, Ali Abdullah Bahitham, do Sudão, Abdelmoniem Ahmed Alamin Elhussain, e da Argélia, Toufik Dahmani.

Divulgação
Divulgação
Divulgação

Publicações relacionadas