Câmara Árabe lança campanha por doações para combater covid

Vaquinha virtual espera arrecadar inicialmente R$ 80 mil junto a pessoas e empresas para comprar máscaras e outros equipamentos de proteção individual para hospitais.

Bruna Garcia Fonseca
bruna.garcia@anba.com.br

São Paulo – A Câmara de Comércio Árabe Brasileira  vai ajudar no combate ao novo coronavírus com novas doações. Foi lançada nesta segunda-feira (20) pela entidade uma vaquinha virtual com meta inicial de arrecadar R$ 80 mil junto a associados, empresas árabes e brasileiras, instituições religiosas, frigoríficos, certificadoras e pessoas físicas. O valor será destinado à compra de máscaras e aventais, entre outros equipamentos de proteção individual, necessários neste momento de pandemia.

O material comprado será destinado para os hospitais da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp) e para o departamento de filantropia do Esporte Clube Sírio, o Sírio do Bem, para a doação de máscaras a crianças com câncer em tratamento de quimioterapia.  A Fehosp conta com mais de 30 hospitais da rede pública que precisam de cerca de 800 mil máscaras de proteção e 30 mil aventais impermeáveis e descartáveis para profissionais da saúde.

Já foram doados pela entidade mais de 30 mil máscaras, 1.250 litros de álcool gel e 5.700 fronhas hospitalares  para o hospital Santa Marcelina, na zona Leste de São Paulo. “Agora, as doações foram ampliadas e estão mais abrangentes. A Câmara Árabe tem um link direto para facilitar o depósito para quem quiser colaborar”, disse a diretora da Câmara Árabe, Claudia Haddad.

A Câmara Árabe também fez uma parceria com a cantora Cris Narchi, descendente de família árabe. Ela criou a música de união dos povos chamada “Juntos”, e por meio das visualizações no Youtube, irá arrecadar fundos para ajudar no combate à covid-19.

Segundo a diretora da entidade, este é um momento muito difícil, em que o país precisa de ações de solidariedade. “Esta é a segunda campanha em que a Câmara Árabe está se empenhando, esse lado social é muito importante”, declarou. Haddad disse que a meta inicial é arrecadar R$ 80 mil, mas a entidade não vai esperar a meta ser atingida para utilizar os recursos. “Assim que eles forem entrando, já vamos repassando para as entidades que não podem esperar”, disse.

A diretora informou que até os funcionários da entidade estão colaborando para a campanha, e ressaltou que tudo está sendo feito de forma transparente. “É possível ver no site quanto já foi arrecadado e quem doou, se não foi doação anônima”, contou.

É possível colaborar com qualquer valor e as doações podem ser feitas por cartão de crédito, o que facilita quando é do exterior. Para doar para a vaquinha virtual da Câmara Árabe, entre nesse link. Para mais informações, envie um e-mail para campanha@ccab.org.br.

Silvio Avila/AFP

Publicações relacionadas