Emirados dão um ano de visto para refugiados

Conselho de Ministros do país anunciou resolução concedendo 12 meses de visto para indivíduos cujos países de origem estão em guerra ou sofreram desastres naturais.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O Conselho de Ministros dos Emirados Árabes Unidos anunciou uma resolução concedendo um ano de visto para refugiados de países que estão em guerra ou sofreram desastres naturais. A notícia foi publicada no site Gulf Business nesta segunda-feira (18).

A reportagem afirma que a medida tem como objetivo proporcionar melhores condições de vida aos indivíduos afetados por questões internas dos seus países até que eles possam voltar para casa.

A resolução também abre a possibilidade para refugiados que já estão dentro do país regularizarem sua situação isentos de multas. A medida não estipula nacionalidade destes refugiados beneficiados, mas há cerca de dois anos os Emirados anunciaram que receberiam 15 mil refugiados sírios em cinco anos.

Na semana passada, o país já anunciou outras medidas de facilitação de entrada de estrangeiros, entre elas a introdução de novas categorias de vistos para candidatos a emprego e a possibilidade de permanência maior para dependentes de estudantes.

Artur Widak/AFP

Publicações relacionadas