Empresa produz e exporta esmaltes halal

A Nailstation Paris, presente na França e em Dubai, desenvolveu um produto permeável que é adequado para consumidores muçulmanos.

Thais Sousa
tsousa@anba.com.br

Dubai – O conceito de halal, que denomina produtos que são permitidos para muçulmanos, é conhecido no setor alimentício e se estende também aos cosméticos. Entre os itens de beleza, os esmaltes ganharam nos últimos anos sua versão halal. São os chamados esmaltes permeáveis, que permitem que a água e o ar passem pelo material e entrem em contato com as unhas de quem os utiliza.

É esse contato que torna o produto halal, já que a água poderá tocar a pele e limpar as impurezas antes de cada oração feita pela pessoa. “Colocando duas camadas, não mais do que isso, você pode lavar suas mãos e quando fizer isso a água vai passar pelo esmalte, penetrar e tocar as unhas, a sua pele”, contou Diane Danelian, desenvolvedora de negócios da Nailstation Paris (foto acima), em entrevista durante a edição 2019 da Beautyworld Middle East, feira da indústria de cosméticos que ocorreu na semana passada, em Dubai.

São os chamados esmaltes permeáveis que permitem que a água e o ar passem por seu material e entrem em contato com as unhas de quem os utilizar.

A linha ‘Breathe’ de esmaltes permeáveis e halal

A hashtag #halalnailpolish na rede social Instagram já reúne mais de 28.000 publicações e marcas como a Nailstation Paris, de Dubai, buscam atingir esse público. A linha halal foi lançada há quatro anos e a empresa tem maior volume de venda para países como a França, a Jordânia, o Bahrein e o Kuwait. “É uma porcentagem pequena, cerca de 15%. É muito popular! Mas nós começamos com esmaltes normais e não temos um foco específico [em halal]. Nós também temos linha de orgânicos, veganos”, explicou Danelian.

A marca começou em Paris, em 2000, e em 2001 abriu sua loja no emirado árabe. Hoje, os produtos ainda são fabricados na França e de lá abastecem tanto a loja parisiense quanto a de Dubai. Atualmente, são 25 opções disponíveis para venda no site da companhia. “Essa linha é muito popular no Oriente Médio e nós vendemos on-line. Mesmo assim nunca vendemos ao Brasil. Quem sabe agora?”, destacou Danelian. No site da empresa, o valor do envio ao Brasil aparece como 25 euros.

Apesar de lembrar que os esmaltes permeáveis não são necessariamente produtos naturais ou orgânicos, a empresária acredita que tenham outros benefícios. “É realmente muito bom, e para pessoas que estão sofrendo com unhas amareladas esse esmalte pode trazer a cor natural das unhas, é bem saudável”, afirmou Danelian.

Thais Sousa/ANBA
Thais Sousa / ANBA

Publicações relacionadas