Exportação de carne bovina bateu recorde em agosto

O Brasil embarcou 114,42 mil toneladas no mês passado, um aumento de 17,6% sobre agosto de 2017.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O Brasil exportou 114,42 mil toneladas de carne bovina in natura em agosto, volume recorde mensal, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (14) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O total é 17,6% superior ao registrado no mesmo mês do ano passado.

As vendas externas renderam US$ 590 milhões, um aumento de 13,5% sobre agosto de 2017. Houve um recuo de 3,5% no preço médio do produto.

Os principais mercados da carne bovina brasileira no mês passado foram China, Hong Kong, Chile, Irã, Egito, Arábia Saudita, Itália, Holanda, Israel e Líbano (foto acima).

As exportações totais do agronegócio brasileiro somaram US$ 9,367 bilhões em agosto, um crescimento de 3,6% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Acumulado

No acumulado de janeiro a agosto, os embarques de carne bovina in natura chegaram a 3,415 bilhões de dólares, um avanço de 8,8% sobre o mesmo período do ano passado. Egito, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos ficaram entre os dez principais mercados. O Líbano é o 11º.

As vendas externas gerais do agronegócio somaram US$ 68,52 bilhões, um aumento de 4,7% na mesma comparação. O complexo soja (grão, farelo e óleo) segue na liderança entre os produtos agrícolas exportados pelo Brasil.

O Mapa destacou também o desempenho da celulose, que registra recordes em receitas e em quantidades exportadas. Foram 10,3 milhões de toneladas de janeiro a agosto, um crescimento de 9,9% sobre o mesmo período do ano passado. As vendas renderam US$ 5,63 bilhões, um acréscimo de 37,9% mesma comparação.

Joseph Eid/AFP

Publicações relacionadas