Exportação de petróleo gera US$ 1,4 bilhão na Líbia

Esse foi o valor conseguido pelo país árabe com embarques de petróleo de janeiro a abril. Instabilidade política fez com que a produção caísse drasticamente.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – As receitas geradas pela exportação de petróleo da Líbia nos quatro primeiros meses deste ano ficaram em 1,98 bilhão de dinares, o equivalente a cerca de US$ 1,4 bilhão. A informação foi publicada na agência de notícias africana Panapress, com base em dados oficiais do Banco Central da Líbia. A Líbia é um país árabe que fica no continente africano.

A Líbia vem enfrentando dificuldade de manter a sua produção de petróleo em plena capacidade em função dos problemas de estabilidade política que enfrenta o país desde a queda do ditador Muammar Kadhafi, em 2011. O Governo de União Nacional governa oficialmente o país, mas forças opositoras não reconhecem sua autoridade e têm o controle de uma parte do território líbio.

A National Oil Company (NOC), companhia petrolífera líbia, informou recentemente que o fechamento de zonas petrolíferas, desde janeiro, provocou a diminuição da produção diária de petróleo para um volume entre 92 mil e 72 mil barris de petróleo diários contra mais de 1,2 milhão de barris diários em períodos anteriores. As áreas petrolíferas foram bloqueadas por causa dos conflitos.

A NOC apelou a todas as partes em conflito para levantarem o bloqueio imposto nas suas instalações petrolíferas e possibilitarem a retomada da produção de petróleo e gás, a fim de ajudar a economia nacional a progredir e garantir o abastecimento local.

Segundo o Banco Centra da Líbia, do total conseguido com exportação de petróleo no quadrimestre, apenas 72 milhões de dinares (US$ 50 milhões) vieram do mês de abril. O fechamento de instalações petrolíferas e portos, desde janeiro, provocou uma diminuição das exportações de petróleo em mais de 90% apenas nos três primeiros meses do ano, segundo dados divulgados pela NOC.

Philippe Roy/AFP

Publicações relacionadas