História e literatura do mundo árabe são temas de cursos

O Grupo de Estudos e Pesquisa sobre o Oriente Médio (Gepom) oferece uma variedade de cursos online sobre a região nos meses de março e abril. As inscrições estão abertas.

Bruna Garcia Fonseca
bruna.garcia@anba.com.br

São Paulo – O Grupo de Estudos e Pesquisa sobre o Oriente Médio (Gepom), com o apoio do Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri), oferece diversos cursos online nos meses março e abril. Temas tratam da história, gênero, relações internacionais, entre outros que envolvem a cultura árabe. Todos os cursos têm quatro aulas.

Em março, os temas do mundo árabe serão “História do Islã”, “Recortes Femininos do Mundo Árabe” e “Escritoras do Oriente Médio”. Em abril, “Cultura e Resistência na Palestina” e “Líbano – História e Cultura”.

Os cursos são coordenados pelas professoras doutoras Monique Sochaczewski e Muna Omran, cofundadoras e pesquisadoras sêniores do Gepom. Ambas colaboram com análises de conjunturas do Oriente Médio para a mídia e acreditam que o amplo debate é o melhor caminho para a análise e divulgação da riqueza histórico-cultural do Oriente Médio, em especial o mundo árabe.

“O Oriente Médio como um todo, e em especial o mundo árabe, suscita curiosidade tanto pela sua riqueza cultural quanto pelos conflitos lá existentes. Consequentemente, estereótipos são construídos. Pensando nisso, o Gepom oferece para o público em geral cursos que envolvem temáticas contemporâneas, como a questão feminina, as relações do Islã, as relações diplomáticas do Brasil com esses países, a diáspora e a história da formação dos países árabes no século 20. Além disso, buscamos temas ligados ao conhecimento histórico passado que se relacionem diretamente com o mundo árabe, como por exemplo, o Império Otomano”, disse Omran à ANBA.

História do Islã é ministrado pela professora doutora Muna Omran e ocorre nos dias 1º, 8, 15 e 22 de março, das 19 horas às 20h30. Omran discutirá e apresentará a história do Islã desde o seu advento à sua consolidação na Península Arábica, bem como a expansão dos califados até a Península Ibérica. “Com isso, objetiva-se uma melhor compreensão do Islã nas relações sociais e políticas da contemporaneidade”, disse Omran.

Recortes Femininos do Mundo Árabe também terá como professora Muna Omran, nos dias 04, 11, 18 e 25 de março das 17h30 às 20 horas. O curso pretende apresentar e discutir a participação e o protagonismo feminino no cinema, música e literatura no mundo árabe, desconstruindo os estereótipos que envolvem a mulher árabe.

Escritoras do Oriente Médio será ministrado pelas professoras doutoras Muna Omran e Monique Sochaczewski aos sábados, das 10 horas às 11h30, nos dias 06, 13, 20 e 27 de março. O curso visa apresentar e debater o discurso emancipatório e as relações de poder presentes na produção literária de quatro autoras representativas do Oriente Médio, entre elas a marroquina Fatima Mernisse e a libanesa Jomana Haddad.

Cultura e Resistência na Palestina ocorre às segundas-feiras, das 19 horas às 20h30, nos dias 05, 12, 19 e 26 de abril, ministrado pela professora Muna Omran. O curso pretende refletir sobre como as manifestações culturais palestinas (literatura, cinema, música, teatro) contribuem para a preservação de sua identidade, sendo usadas, ainda, como instrumentos de resistência.

Líbano – História e Cultura será ministrado pelos professores doutores Andrew Traumann e Muna Omran nos dias 02, 09, 16 e 23 de abril, às quintas-feiras, das 19 horas às 20h30. O curso visa apresentar a formação do Líbano Moderno, a Guerra Civil de 1975, a Reconstrução política do país, o impacto da covid-19 na economia e política e a participação da sociedade civil no processo de transformação do país, apontando para as perspectivas futuras.

Outros cursos que abordam indiretamente a cultura árabe são “Relações Brasil e Oriente Médio”, “Esplendor dos Tapetes Orientais”, “História do Império Otomano” e “Armênios: Do Império Otomano à Diáspora”.

O valor de um curso com quatro encontros de 1h30 é de R$ 300, com descontos para estudantes. As aulas são ministradas remotamente pela plataforma Zoom e são emitidos certificados de participação ao final dos cursos. Mais informações e inscrições devem ser realizadas pelo e-mail cursosorientemedio@gmail.com.

“Esperamos com isso ampliar o conhecimento e divulgar essa rica cultura, mostrando a sua pluralidade e os diálogos com os diferentes povos, com isso desconstruímos os estereótipos que a envolvem, possibilitando uma compreensão ampla sobre a região, não só para o público acadêmico, mas para o público em geral”, disse Omran.

Além dos cursos, o Gepom realiza lives gratuitas, abertas ao público, com temáticas que estejam na mídia, como aconteceu na época da explosão do Porto de Beirute. No dia 23 de fevereiro, o grupo promove live às 20 horas sobre “Gênero e Audiovisual no Oriente Médio” a partir de duas produções da Netflix, a série “8 em Istambul” e o filme “Tempestade de Areia”.

Karim Sahib/AFP

Publicações relacionadas