ONU faz caravana global por refugiados

Agência das Nações Unidas para Refugiados deu início nesta sexta-feira a campanha global. Até 1º de outubro ocorrerão atividades ao redor do mundo para conscientização sobre refúgio.

Isaura Daniel
isaura.daniel@anba.com.br

São Paulo – A Agência das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) começou nesta sexta-feira (6) uma caravana global com atividades de conscientização sobre o problema do refúgio. O objetivo é conseguir apoio aos que vivem nesta situação. As atividades começaram pela Jordânia.

De acordo com informações divulgadas no site da ONU, no mês de junho a iniciativa chega ao Brasil, com a realização da Copa dos Refugiados nas cidades de Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro. A copa é uma competição esportiva de futebol entre grupos de refugiados que moram no País e na edição da turnê terá participação de 16 nacionalidades.

A campanha vai até o dia 1º de outubro e é chamada de “Turnê Mundial #ComOsRefugiados”. Serão dezenas de eventos públicos em todos os cantos do planeta, segundo as Nações Unidas. Eles devem dar visibilidade para as dificuldades de quem precisou deixar para trás sua vida em função de guerras, conflitos armados e violações dos direitos humanos.

A programação inclui um desfile de modas em Chicago com tecidos feitos por refugiados do Quênia, uma exposição fotográfica em Paris, uma semana de eventos na Coreia do Sul, competição de judô na África do Sul, entre outros. Para a abertura, na Jordânia, estava programada a realização de atividades esportivas no campo de refugiados de Zaatari.

No encerramento da campanha será entregue o Prêmio Nansen, da Acnur, em Genebra, na Suíça. A premiação foi criada em 1954 em memória ao primeiro alto-comissário para refugiados da ONU, Fridjtof Nansen, e reconhece projetos de apoio a refugiados.

Confira a programação da caravana aqui.

Olga Ojeda/Notimex/AFP

Publicações relacionadas