Refugiadas e Migrantes no Brasil são tema de exposição

Para celebrar o Dia Mundial do Refugiado, o Ministério da Justiça, em Brasília, terá programação especial a partir desta segunda-feira.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – Em homenagem ao Dia Mundial do Refugiado (20 de junho), o Ministério da Justiça terá uma programação especial durante esta semana, gratuita e aberta ao público. O Salão Negro do Ministério receberá a exposição No Fluxo: Reflexos da Migração e Refúgio de Mulheres no Brasil (foto acima), de 25 a 29 de junho, com fotos que retratam histórias de superação de perseguições, violências e discriminações de refugiadas e migrantes que hoje vivem em segurança no Brasil.

Exposição vai até esta sexta-feira (29)

A abertura acontece na noite desta segunda-feira, às 19 horas, com uma mesa-redonda sobre os desafios na implementação de políticas de proteção e integração local de refugiados, que contará com a participação do ministro da Justiça, Torquato Jardim, do defensor público-geral federal, Carlos Eduardo Barbosa Paz, da representante do Acnur no Brasil, Isabel Marquez, entre outras autoridades. A realização da exposição é do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), da Defensoria Pública da União e do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur).

Ainda na programação, serão exibidos os documentários Fuocoammare (2016, Itália, 1h54) e o curta-metragem Welcome to Canada (2017, Canadá, 20 min), produções internacionais que falam sobre o acolhimento de refugiados no contexto destes países.

Fuocoammare (Fogo no Mar), de Gianfranco Rosi, será exibido nos dias 25 e 29 de junho, de 12 às 14 horas, no Auditório Tancredo Neves, do Ministério da Justiça, em parceria com a Embaixada da Itália no Brasil. Para a exibição do curta Welcome to Canada (Bem-vindo ao Canadá) será instalada uma tenda da Acnur no Salão Negro nos dias 25, 27 e 29 de junho com projeção contínua, em parceria com a Embaixada do Canadá no Brasil.

Para encerrar a Semana do Refugiado, haverá o lançamento do Atlas da Migração Refugiada, no dia 29, das 15 às 17 horas, no Auditório Tancredo Neves, uma parceria com o Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó”, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Serviço – Semana do refugiado no Ministério da Justiça

Exposição No Fluxo: Reflexos da Migração e Refúgio de Mulheres no Brasil
Salão Negro, edifício-sede do Ministério da Justiça
25 a 29 de junho – dia 25, às 19h; de 26 a 29 de junho, das 8h às 18h

Documentário Fuocoammare
Auditório Tancredo Neves, edifício-sede do Ministério da Justiça
25 e 29 de junho, de 12h às 14h

Curta-metragem Welcome to Canada
Salão Negro, edifício-sede do Ministério da Justiça
25, 27 e 29 de junho, das 8h às 18h, com exibição contínua

Lançamento do Atlas da Migração Refugiada
Auditório Tancredo Neves, edifício-sede do Ministério da Justiça
29 de junho, das 15h às 17h

ACNUR/Victoria Hugueney
Gabo Morales

Publicações relacionadas