Câmara Árabe assina memorando com zona franca de Dubai

Documento foi firmado nesta quarta-feira (10) de forma online pelo presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Rubens Hannun, e a diretora-geral da Dafza, Amna Lootah, durante webinar.

Thais Sousa
tsousa@anba.com.br

São Paulo – A Câmara de Comércio Árabe Brasileira firmou um memorando de entendimento (MOU) com a Dubai Airport Free Zone (Dafza), nesta quarta-feira (10). O documento foi assinado pelo presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun, e a diretora-geral da Dafza, Amna Lootah (foto acima), durante conferência virtual promovida pela entidade e acompanhada por cerca de 1 mil pessoas.

O acordo foi firmado durante o webinar ‘Mercado Global Halal: tendências, regulamentação e oportunidades’, que reuniu especialistas brasileiros e árabes. O intuito do memorando é levar mais informações a empresas brasileiras sobre o halal, certificado para produtos e serviços próprios para consumo de muçulmanos, e incentivá-las a entrar neste mercado através da Dafza, a segunda zona franca mais antiga de Dubai. As entidades já vêm trabalhando juntas em projetos como o Guia Halal, que teve a primeira versão lançada em português em 2018, durante o Fórum Econômico Brasil Países Árabes.

Para Hannun, o memorando vem para fortalecer o trabalho desenvolvido junto à Dafza

“Nossa relação com a Dafza vem se consolidando ao longo dos anos. Essa importante iniciativa se junta a outras que esse MOU permitirá. A Dafza, através do Halal Trade and Marketing Centre (HTMC), e a Câmara Árabe contribuirão para o crescimento e desenvolvimento de fabricantes, fornecedores e distribuidores da economia halal. Tenho certeza que agregaremos aos associados de ambas muito conhecimento confiável dos mercados consumidores, possibilitando entender as demandas”, declarou Hannun durante a conferência virtual.

A Dafza reúne mais de 20 indústrias e gerou, em 2019, receita de 164 bilhões de dirhans para a economia de Dubai, apontou Lootah. “Pensando em Dubai como a capital global da economia islâmica, nós trabalhamos para desenvolver a estratégia concentrada em alguns pilares. Uma das iniciativas é o Guia Halal, que possibilitará que as empresas entendam o mercado e sigam o passo a passo de regulamentação e ecossistema. Há bastante valor agregado neste guia, e estamos trabalhando com a Câmara Árabe para lançar a segunda versão, que será traduzida para o português e distribuída aos membros da entidade”, afirmou Lootah.

Memorando foi assinado nesta quarta-feira (10), de forma virtual

A segunda grande iniciativa citada pela diretora é o HTMC, projeto global de desenvolvimento de negócios focados na economia halal. “Nossa visão é atrair investimento estrangeiro. Há muitas oportunidades para as empresas virem aqui, ficarem na região e fazerem negócios. Temos foco no halal porque, por meio do centro, as empresas terão valor agregado da consultoria com ênfase nas principais áreas e pontos fortes de cada empresa. Além disso, sabemos que há muito potencial com as empresas brasileiras para que elas consigam, através de Dubai, trabalhar com a maioria dos países muçulmanos. Nós sabemos que nosso centro pode desempenhar papel muito importante dando apoio a elas”, concluiu Lootah.

Também participaram do webinar o cofundador e sócio-gerente do Prime Group, Mohamed M. Saleh Badri; o gerente da Halal Trade and Marketing Centre, Tomas Guerrero; o secretário da Sociedade Jordaniana de Agricultura Orgânica (JSOF), Ibrahim Abu- Helil; Ali Saifi, presidente da CDIAL Halal; Mohamed Zohgbi, presidente da Fambras Halal; Nasser Khazraji, diretor comercial da Alimentos Halal; e Chaiboun Darwiche, presidente da Siil Halal; além do vice-presidente administrativo e do secretário-geral da Câmara Árabe, Mohamad Orra Mourad e Tamer Mansour, respectivamente.

Para assistir o conteúdo completo do webinar, acesse o canal da Câmara Árabe no Youtube.

Leia mais reportagens sobre o webinar abaixo.

Brasil tem potencial de diversificação no mercado halal

Mesmo em mercados não islâmicos, selo halal é diferencial

 

Reprodução / Youtube
Reprodução / Youtube
Reprodução / Youtube

Publicações relacionadas