Egito lança plataforma digital voltada ao setor privado

A iniciativa batizada de ‘Digitalização como um facilitador para o setor privado’ foi apresentada pelo Ministério de Cooperação Internacional do Egito. Objetivo é apoiar o avanço tecnológico do país através do investimento privado.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O Ministério de Cooperação Internacional do Egito lançou, na última semana, a primeira plataforma que une múltiplas pontas do setor privado. O objetivo é fortalecer as parcerias entre os agentes de desenvolvimento multilaterais e bilaterais e o setor privado do país árabe. As informações são do site do jornal egípcio Al Ahram.

A plataforma foi batizada de ‘Digitalização como um facilitador para o setor privado’. Segundo a ministra da Cooperação Internacional, Rania Al-Mashat (ao centro, na foto acima), o projeto é parte da estratégia de desenvolvimento do país para parcerias internacionais em inovação, digitalização e empreendedorismo. Al-Mashat explicou que a plataforma atua com foco na digitalização e visa a cooperação com o setor privado para oportunidades reais de cooperação conjunta.

De acordo com o Al Ahram, o Egito está vivendo um boom no desenvolvimento digital, impulsionado pelo setor privado. A primeira demonstração da nova plataforma foi feita pelo próprio Ministério. A ação fez parte de uma série de reuniões interativas que a pasta pretende organizar no âmbito de uma cooperação entre governo, setor privado, comunidade empresarial, sociedade civil e entidades para alcançar a Visão 2030 do Egito.

A sessão incluiu a participação de representantes de empresas e mais de 70 parceiros. Entre os agentes presentes estiveram a coordenadora residente das Nações Unidas no Egito, Elena Panova, a diretora nacional do Banco Mundial para o Egito, Iêmen e Djibuti, Marina Wes, e o gerente nacional da International Financial Corporation (IFC) para o Egito, Líbia e Iêmen, Walid Labadi, entre outros.

Para Al-Mashat, a criação de plataformas que reúnem diferentes agentes é um dos princípios da política de diplomacia econômica que a pasta lançou no início de 2020. “Essas reuniões interativas são organizadas em vários setores para reunir ministérios de estado e parceiros de desenvolvimento multilaterais e bilaterais, com o objetivo de criar um diálogo transparente e comunicação entre as partes de forma que melhore as parcerias internacionais para alcançar o desenvolvimento sustentável”, disse.

Reprodução/ Facebook Ministério da Cooperação Internacional do Egtio

Publicações relacionadas