Exposição Faces do Refúgio começa segunda-feira em Brasília

Mostra itinerante organizada pelo Acnur apresenta imagens de refugiados ao redor do mundo. Programação conta também com exibição de filmes, no Brasília Shopping.

Alexandre Rocha
alexandre.rocha@anba.com.br

São Paulo – O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) promove de 20 de maio a 02 de junho a exposição fotográfica Faces do Refúgio, no Brasília Shopping, na capital federal. A programação contará também com mostra de filmes e faz parte das comemorações do Dia Mundial do Refugiado, oficialmente, 20 de junho.

Segundo o Acnur, a exposição reúne 52 fotografias feitas por fotógrafos da própria agência da ONU ao redor do mundo, tendo como pano de fundo os deslocamentos forçados causados por conflitos em países como a Síria, Sudão do Sul, República Democrática do Congo e Mianmar. A curadoria é do Acnur e do Atelier Vanessa Poitena. No ano passado, a exposição esteve em cartaz em São Paulo e no Rio de Janeiro.

(Continua após galeria de fotos da coleção)

Na abertura, haverá a exibição do documentário “Linguagem do Coração”, no Teatro do Brasília Shopping, seguida de mesa redonda sobre o tema “Refúgio: uma jornada forçada em busca de um horizonte seguro”, com Federico Martinez, representante adjunto do Acnur; Bernardo Laferté, coordenador geral do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare); Raquel Porto Alegre, repórter da Globo News; e Stefane, refugiada venezuelana. A produção brasileira de Silvana Nuti mostra as aspirações e motivos que levaram pessoas de diferentes nacionalidades a buscar refúgio no Brasil. A sessão começa às 19 horas de segunda-feira (20), com abertura das portas às 18h30.

Os outros filmes da mostra são “Exodus: de onde eu vim não existe mais”, documentário brasileiro e alemão de Hank Levine, que retrata a jornada de seis refugiados; “Los Silencios”, de Beatriz Seigner, produção brasileira, colombiana e francesa; e “Recomeços: sobre mulheres, refúgio e trabalho”, documentário brasileiro de Felipe Abdeu e Thays Prado com mulheres participantes do programa do Acnur “Empoderando Refugiadas”.

A programação é gratuita e os ingressos para os filmes poderão ser retirados nos dias das sessões a partir das 18 horas.

De acordo com a agência da ONU, mais de 68 milhões de pessoas ao redor do mundo deixaram suas casas em função de conflitos e perseguições. No Brasil, os sírios representam 35% dos refugiados.

Serviço

Exposição Faces do Refúgio
De 20 de maio a 02 de junho
Brasília Shopping: Cúpula Sul e Teatro
De segunda a sábado, das 06 às 22 horas, e aos domingos e feriados, das 10 às 22 horas
Entrada gratuita

Mostra de filmes

21/05 (terça) e 26/05 (domingo), 19 horas
Êxodos: de onde eu vim não existe mais

22/05 (quarta) e 25/05 (sábado), 19 horas
Los Silencios

23/05 (quinta), 19 horas
Recomeços: Sobre Mulheres, Refúgio e Trabalho.

Linguagem do Coração
20/05 (segunda), 19 horas

Para informações, incluindo sinopses dos filmes, clique aqui

Caroline Irby/Acnur
Acnur
Acnur
Acnur
Acnur
Acnur
Acnur
Acnur
Acnur
Acnur
Acnur
Acnur

Publicações relacionadas